Quais foram os piores anfitriões da história das Copas do Mundo?

Lucas Humberto
Catar se despediu da Copa com três derrotas e apenas um gol marcado
Catar se despediu da Copa com três derrotas e apenas um gol marcado / ANNE-CHRISTINE POUJOULAT/GettyImages
facebooktwitterreddit

É vantagem disputar uma Copa do Mundo em casa? Em teoria, sim. Afinal, é a oportunidade perfeita para brilhar diante dos seus próprios torcedores. Mas, o que acontece quando a seleção simplesmente não consegue desempenhar um bom futebol? Bem, a decepção também é maior. Abaixo, nós listamos os piores anfitriões da história dos Mundiais.

1. França (1938)

Copa do Mundo de 1938
A Itália venceu a Copa do Mundo de 1938 / Keystone/GettyImages

Favorita ao título em 2022, a França tornou-se a primeira anfitriã a não vencer a Copa do Mundo, em 1938. À época, haviam apenas 15 seleções participando do torneio. Les Bleus estrearam nas oitavas de final com vitória sobre a Bélgica, mas, na etapa seguinte, a derrota para a Itália sacramentou a eliminação.

2. México (1970)

Copa do Mundo de 1970
México deu azar no chaveamento do mata-mata / Peter Pesti/GettyImages

Segundo do seu grupo na primeira etapa, o México não deu muita sorte no chaveamento das oitavas. Diante da Itália, os donos da casa sucumbiram. Guzmán, Riva (duas vezes) e Rivera marcaram os gols do triunfo europeu por 4 a 1. Curiosamente, o placar foi aberto por um mexicano: González, aos 13 minutos do primeiro tempo.

3. Espanha (1982)

Copa do Mundo de 1982
A Espanha não conseguiu se classificar para a fase final do Mundial de 1982 / Getty Images/GettyImages

Alemanha e Argentina, as duas últimas anfitriãs da Copa do Mundo, haviam sido campeãs em casa. A lógica estava pronta: a Espanha, que receberia o torneio em 1982, também seria a vencedora, certo? Nada disso. Na segunda fase - ainda sob a configuração de grupos -, La Roja perdeu para a Alemanha e empatou sem gols com a Inglaterra.

4. Estados Unidos (1994)

Copa do Mundo de 1994
Bebeto marcou o gol que deu a vitória ao Brasil / Chris Cole/GettyImages

Em 1994, os Estados Unidos avançaram ao mata-mata graças ao critério dos "quatro melhores terceiros colocados". Mas, se por um lado o time norte-americano havia contado com um pouco de sorte na fase de grupos, nas oitavas o adversário não poderia ter sido pior: o Brasil. Derrotada por 1 a 0, a seleção anfitriã se despediu do Mundial.

5. África do Sul (2010)

Copa do Mundo de 2010
A África do Sul se despediu do Mundial de 2010 antes do mata-mata / Cameron Spencer/GettyImages

A África do Sul esteve muito próxima de vencer o México na abertura do Mundial, mas, deixando excelentes chances pelo caminho, acabou empatando. Depois, as duras derrotas para Uruguai e França selaram uma amarga queda ainda na fase de grupos. A equipe perdeu nos critérios de desempate para os mexicanos.

6. Catar (2022)

Meshaal Barsham, goleiro do Catar
Goleiro do Catar lamenta eliminação / Matthias Hangst/GettyImages

Na primeira Copa da sua história, o Catar basicamente "passeou em casa". Foram três derrotas em três oportunidades: para Colômbia, Senegal e Holanda. A equipe se despediu do Mundial com apenas um gol anotado e sete sofridos. Mas, convenhamos, não haviam lá grandes expectativas para uma bela exibição do time, certo?

facebooktwitterreddit