Corinthians

Protesto contra atual gestão do Corinthians reúne mais de mil torcedores; veja imagens

Lucas Humberto
Manifestação contra atual gestão do Timão reuniu mais de mil pessoas no Parque São Jorge, sede social do clube.
Manifestação contra atual gestão do Timão reuniu mais de mil pessoas no Parque São Jorge, sede social do clube. / Fernando Nascimento/Photopress/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Momentos tensos no Parque São Jorge! Na manhã deste sábado (19), torcedores organizados protestaram na sede social do Corinthians para cobrar dirigentes e jogadores. Utilizando tom de ameaça, a manifestação teve caixões com rostos dos cartolas do clube, além de gritos falando em "chacina".

Mais de mil pessoas estiveram presentes para demonstrar total insatisfação com a atual gestão e pedir reforços ao clube. Duilio Monteiro Alves, atual presidente do Timão, não esteve presente no local, mas foi um dos grandes alvos no protesto: "Alô, Duilio, vai se f**, arruma essa cagada ou eu vou pegar você". Veja imagens:

Augusto Mello, segundo colocado na última eleição para presidência do Alvinegro, acompanhou de perto o protesto e se incomodou com sua foto em uma das faixas. A Gaviões da Fiel, por sua vez, alegou que o objeto havia sido confeccionado apenas por um torcedor, sem anuência da organizada. Apesar da situação, ele aprovou a manifestação: "Estou aqui dando a cara pra bater. Sou oposição, protesto legal, pacífico. Foi um integrante que colocou meu nome, não tem nada a ver. É hora, sim, tem que ter essa cobrança justa. Eu não sou conselheiro, aliás. Minha chapa elegeu 25 conselheiros e todos votaram pela reprovação das contas. Sou oposição".

Somente nesta temporada, o Corinthians já acumula três eliminações: Campeonato Paulista, Sul-Americana e Copa do Brasil. Neste domingo (20), o Timão enfrenta o Bahia, fora de casa.

facebooktwitterreddit