Flamengo

Proposta para receber salário de 'outro patamar' pesa e empresário pressiona Braz para vender meio-campista

Antonio Mota
Estafe de João Gomes quer levar o volante para o Mundo Árabe. Flamengo aceitou a oferta, mas faz uma exigência que trava o negócio.
Estafe de João Gomes quer levar o volante para o Mundo Árabe. Flamengo aceitou a oferta, mas faz uma exigência que trava o negócio. / Felipe Duest/Photopress/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Negócio travado. Em meio aos trabalhos para a partida diante do Palmeiras, no Allianz Parque, no próximo domingo (12), pelo Campeonato Brasileiro, o Flamengo continua ativo no mercado da bola. Além da novela com David Luiz, o Rubro-Negro Carioca também trata do futuro do meio-campista João Gomes, que é cotado no Mundo Árabe.  

Segundo informações do site “Fla Web”, os agentes de Gomes estão constantemente em contato com os cartolas do Mais Querido e tentando encontrar uma forma de sacramentar a transferência do meia para o Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos. O Fla já aceitou a oferta de 5 milhões de euros (mais de R$ 31 milhões) pelo volante, mas há um imbróglio: o clube quer o dinheiro à vista.  

João Gomes Flamengo Mercado
Pensando em independência financeira, João Gomes quer ir para o Mundo Árabe. / Pool/Getty Images

Apesar do ‘empecilho’, os agentes de João Gomes insistem no negócio, uma vez que entendem que essa é uma bela oportunidade de a Cria do Ninho construir sua independência financeira. O camisa 35, que segue treinando normalmente, também quer que o negócio aconteça. O salário “de outro patamar” chamou atenção do volante.

Formado no próprio Fla, João Gomes tem 20 anos e faz parte do elenco profissional do clube desde o ano passada. De lá para cá, o volante disputou 47 partidas e marcou dois gols.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit