Internacional

Principal organizada do Inter exige mudanças no futebol colorado após queda na Copa do Brasil

Fabio Utz
Presidente Barcellos (c) deve trocar dirigentes e treinador
Presidente Barcellos (c) deve trocar dirigentes e treinador / Alvaro Bueno/Photopress/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

A sexta-feira deverá ser de mudanças profundas no departamento de futebol do Internacional. Pois a principal torcida organizada do clube, a Guarda Popular, se posicionou de forma bastante forte exigindo essas trocas.

Em postagem nas redes sociais após a eliminação colorada na primeira fase da Copa do Brasil, a 'Barra do Inter' pediu as saídas do técnico Alexander Medina, do executivo de futebol Paulo Bracks e do vice de futebol Emílio Papaléo Zin. Além disso, citou também o nome do vice-presidente eleito Dannie Dubin, que ultimamente tem ido à imprensa com frases infelizes.

"Fora Barcellos e toda sua gente. Papaléo, Bracks, Dubin, Medina, CAPA...incompetentes, vocês acabaram com o Internacional."

Manifestação da Guarda Popular

Em sua entrevista coletiva depois da derrota por 2 a 0 para o Globo-RN, o presidente Alessandro Barcellos afirmou que o planejamento sofreu um 'baque' e que alterações de rumo são necessárias. Elas devem ser confirmadas ainda antes do final de semana. No domingo, contra o Aimoré, pelo Campeonato Gaúcho, é provável que o time seja dirigido por um interino.

Para mais notícias do Internacional, clique aqui.

facebooktwitterreddit