Pressionado, Zidane manda recado à torcida do Real Madrid: 'Não vou me demitir'

Nathália Almeida
Shakhtar Donetsk v Real Madrid: Group B - UEFA Champions League
Shakhtar Donetsk v Real Madrid: Group B - UEFA Champions League / DeFodi Images/Getty Images
facebooktwitterreddit

Tricampeão da Champions League e bicampeão de La Liga à frente da área técnica do Real Madrid, Zidane vive seu momento de maior instabilidade e questionamentos no Santiago Bernábeu. Na noite desta terça (1º), sua equipe sofreu mais uma derrota após atuação apática e irreconhecível - 2 a 0 para o Shakhtar Donetsk em Kiev -, resultado que deixou o maior campeão europeu em situação delicada para avançar às oitavas de final.

Muito pressionado pela sequência de más atuações e resultados ruins, o técnico francês assumiu uma postura bastante defensiva em coletiva de imprensa concedida após o revés na Ucrânia, defendendo o seu trabalho e tratando o cenário de momento apenas como uma 'fase ruim'.

Shakhtar Donetsk v Real Madrid: Group B - UEFA Champions League
Shakhtar Donetsk v Real Madrid: Group B - UEFA Champions League / DeFodi Images/Getty Images

"Temos passado por momentos delicados. É uma má sequência de resultados, mas temos que seguir. Era uma final, nos preparados muito bem e fizemos um primeiro tempo bom. Talvez tudo teria sido diferente se nós tivéssemos marcado o primeiro gol. Tivemos duas ou três chances, mas a bola não quis entrar. Assim é complicado. Sabemos que falta um jogo, que precisamos ganhar", afirmou.

Para os críticos, Zidane mandou um recado bastante direto: "Não vou pedir demissão. É um momento complicado, mas temos que mostrar nosso caráter, nosso orgulho. Tenho forças para seguir em frente e seguirei dando tudo de mim", concluiu.

Shakhtar Donetsk v Real Madrid: Group B - UEFA Champions League
Shakhtar Donetsk v Real Madrid: Group B - UEFA Champions League / Eurasia Sport Images/Getty Images

Além da situação incômoda no grupo B da Champions League - precisará vencer o líder Borussia Mönchengladbach no último jogo da fase de grupos para avançar às oitavas -, o Real Madrid também não vem bem em La Liga: já são três derrotas sofridas em apenas dez jogos disputados, mesmo número de reveses que a equipe sofreu em toda a campanha de 2019/20.

facebooktwitterreddit