Brasileiro Série B

Pressão sobre Jorge Salgado e Alexandre Pássaro aumenta após derrota do Vasco para o Vitória - veja os detalhes

Vitor Beloti
Vasco perdeu para o Vitória e terá que continuar na Série B em 2022
Vasco perdeu para o Vitória e terá que continuar na Série B em 2022 / Alexandre Loureiro/GettyImages
facebooktwitterreddit

Além da derrota por de 3 a 0 em São Januário, o jogo diante do Vitória eliminou as chances matemáticas do Vasco retornar à elite do Campeonato Brasileiro e portanto o cruzmaltino terá que disputar mais uma temporada na Série B.

Por este motivo, há uma enorme pressão nos bastidores do clube em cima do presidente Jorge Salgado. A reformulação começaria no departamento de futebol da equipe, enquanto algumas pessoas da oposição querem processar o atual mandatário e os presidentes dos Conselhos Fiscal e Deliberativo, que foram eleitos juntos no final do ano de 2020.

Germán Cano
Artilheiro Germán Cano tem futuro incerto na Colina / Buda Mendes/GettyImages

Além disso, apesar do presidente Jorge Salgado apoiar Alexandre Pássaro, dirigente que comanda o futebol na atual temporada, o executivo sofre muitas críticas de torcedores e conselheiros pela montagem do elenco que fracassou na tentativa de retorno à Série A.

Em relação ao grupo de jogadores, muitos terão os contratos encerrados em dezembro deste ano. O técnico Fernando Diniz, contratado em setembro, também é avaliado pela diretoria, enquanto um dos principais focos do clube está em renovar com o atacante argentino Germán Cano, autor de 19 gols em 48 jogos, e que desperta interesse tanto de rivais do Brasil quanto de equipes internacionais.

Em nota oficial emitida na última segunda-feira, a assessoria de imprensa do cruzmaltino relatou que a Diretoria Administrativa só vai se manifestar publicamente no final da temporada. O próximo jogo está marcado para segunda-feira (15) diante do Vila Nova, em Goiânia, pela 36ª rodada da Série B.

Fernando Diniz
Diniz no Vasco: 4 vitórias, 3 empates e 5 derrotas / Miguel Schincariol/GettyImages
facebooktwitterreddit