Grêmio

Pressão pegou? O que diz o Grêmio sobre o choro de Vanderson após substituição no final de semana

Fabio Utz
Lateral virou o novo titular do time tricolor
Lateral virou o novo titular do time tricolor / SANTIAGO ARCOS/Getty Images
facebooktwitterreddit

Vanderson é o novo titular da lateral direita do Grêmio. Dos cinco jogos disputados pelo time sob o comando de Luiz Felipe Scolari, ele só não iniciou o clássico contra o Internacional, partida que marcou a estreia do novo técnico. Por isso, o choro do garoto ao ser substituído no empate com o América-MG no último sábado, a princípio, em nada tem a ver com eventual descontentamento com o comandante.

No novo esquema implantado pelo treinador, o 3-5-2, os alas precisam, a todo momento, aparecer no campo de ataque, e isso, naturalmente, desgasta. Obviamente, a reação causou estranheza, mas ao que tudo indica ela está totalmente relacionada ao momento do time como um todo e a necessidade urgente de melhores resultados. "Ele lutou bravamente com os companheiros, tentou, buscou e o resultado não veio. A motivação dos jogadores era pelo resultado", disse o vice-presidente de futebol Marcos Herrmann.

O treinador também foi questionado e disse o seguinte: "Fico feliz que, se foi o caso, tenha se sentindo triste com a substituição. Isso mostra sua vontade e persistência de buscar a vitória". Vanderson foi o melhor atleta do Grêmio na partida e deu assistência para Guilherme Guedes marcar o gol azul. Porém, o 1 a 1 do placar não tirou a equipe da penúltima colocação na tabela do Campeonato Brasileiro. A pressão pegou, e o emocional, claro, foi lá no chão.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

facebooktwitterreddit