Fluminense

Presidente do Fluminense confirma venda de Luiz Henrique e prevê novas saídas: 'Necessidade'

Nathália Almeida
Luiz Henrique deixará o Fluminense no meio do ano
Luiz Henrique deixará o Fluminense no meio do ano / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

A notícia que nenhum torcedor do Fluminense esperava receber, neste momento da temporada, tornou-se pública no último sábado e foi confirmada neste domingo (13): Luiz Henrique, um dos grandes destaques da equipe carioca, está de malas prontas rumo ao Real Betis, clube que disputa a LaLiga. Noticiada em primeira mão pelo globoesporte.com, a informação foi reforçada pelo presidente tricolor, Mário Bittencourt, em coletiva concedida no fim da tarde de hoje.

"É uma negociação que vinha sendo feita e o clube vinha resistindo, fazendo contrapropostas e acreditando que as vendas do Nino e Biel fossem concluídas e não foram. Por conta de falta de cenário, recursos comprometidos e dívidas de curto prazo, esse ano temos que pagar 17 milhões de reais em dívidas internacionais, como as do Sornoza e Orejuela. A falta desse pagamento poderá gerar impedimento de transferência e nos tirar pontos", justificou.

FBL-LIBERTADORES-FLUMINENSE-OLIMPIA
Luiz Henrique deixará o Fluminense no meio do ano / ANTONIO LACERDA/GettyImages

"A gente assinou um pré-acordo com o Betis ainda em fevereiro, antes do início a Libertadores onde a gente prevê a ida do atleta entre os meses de julho e agosto. "

Mário Bittencourt, em coletiva

"Acredito que ele sairia do mesmo jeito no meio do ano, as propostas iriam chegar. Mas devido ao cenário que já expliquei, financeiramente não poderíamos aguardar. A partir do meio do ano, há necessidade de vender pelo menos 1 ou 2 atletas para manter a possibilidade de investimento na janela, trazer jogadores, continuar pagando dívidas, e já pensar em reforçar para 2023", afirmou.

Ainda de acordo com o mandatário, a venda de Luiz Henrique girou em torno de 13 milhões de euros em valor global, por 85% dos direitos econômicos e bonificações que podem ser atingidas ou não. O Fluminense manteve 15% do passe do atleta, portanto, terá direito a receber 15% do valor total de uma revenda futura do atacante.

facebooktwitterreddit