Futebol brasileiro

Presidente do Athletico-PR sonha alto com futura SAF: 'Maiores que River Plate, Boca Juniors e Flamengo'

Lucas Humberto
Mario Celso Petraglia, presidente do clube, ressaltou que estrutura e ausência de dívidas estão entre os trunfos do Furacão
Mario Celso Petraglia, presidente do clube, ressaltou que estrutura e ausência de dívidas estão entre os trunfos do Furacão / Heuler Andrey/GettyImages
facebooktwitterreddit

Parece que a tendência da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) veio mesmo para ficar. Em entrevista à rádio Transamérica, Mario Celso Petraglia, presidente do Athletico-PR, teceu comentários de pouca modéstia sobre a possibilidade de abrir capital. Ele afirmou que o Furacão está pronto para duelar com os gigantes argentinos River Plate e Boca Juniors, além do Flamengo.

"Se abrirmos o nosso capital, seremos maiores que River Plate, Boca Juniors, Flamengo. Não estou falando em torcida, mas sim em estrutura", destacou. Em novembro do ano passado, os sócios do clube aprovaram a mudança para clube-empresa. A diretoria do Furacão, contudo, não decidiu qual será a melhor alternativa para o mercado.

Marlos Libertadores Athletico-PR
Furacão irá disputar a Libertadores / Heuler Andrey/GettyImages

"Mas como vou negociar alguma coisa que nem sei quanto vale? Se tivermos competência e inteligência, não tem como não sermos um dos maiores clubes do mundo", completou. Ainda durante a conversa, o dirigente admitiu que a reforma da Arena da Baixada para a Copa do Mundo de 2014 é o único entrave.

Judicialmente, o Furacão discute um acordo tripartite com a prefeitura de Curitiba e o Estado do Paraná. Segundo informações do GE, o município aceita pagar um terço do valor inicial da obra (R$ 184,6 milhões), enquanto o governo paranaense concordou em dividir a quantia de R$ 342,6 milhões, valor final apontado por uma perícia da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

"O Athletico não tem buraco. Tem a dívida do estádio. O Athletico se dispõe a pagar o seu um terço das obras. É justo que o Athletico pague tudo? Só queremos que prefeitura e estado paguem suas partes. Para que o Athletico precisa de um estádio de Copa do Mundo."

Mario Celso Petraglia
Arena da Baixada Athletico-PR SAF Petraglia
Furacão manda seus jogos na Arena da Baixada / HEULER ANDREY/GettyImages
facebooktwitterreddit