Presidente Campello confirma que Guarín está próximo do adeus

Bruno Henrique, Fredy Guarin
Wagner Meier/Getty Images

A passagem de Fredy Guarín pelo Vasco da Gama deve ter um ponto final nesta quarta-feira. A confirmação veio por parte do presidente Alexandre Campello, que trata da rescisão contratual com o atleta.

O colombiano foi contratado pelo clube carioca em outubro do ano passado e, após intensa negociação, teve seu vínculo renovado até setembro de 2021. Em 2019, disputou 12 jogos e marcou três gols. Na atual temporada, porém, foram apenas três partidas. Segundo Campello, a equipe deu todo suporte ao atleta, que foi liberado recentemente em duas oportunidades para resolver problema de ordem pessoal em seu país. Só que a situação não se alterou e, com o início do Campeonato Brasileiro, o distrato se torna inevitável.

"Vamos partir para a rescisão. Posso te dizer estamos negociando. "Esperamos até onde entendemos que é possível, respeitando o problema do jogador, entendendo a importância dele e a nossa vontade de contar com ele, mas chegou no limite. O clube tem sido parceiro do jogador, o jogador esteve sempre negociado e falado com o clube. A gente tentou, deu todas as chances para que pudesse resolver, mas não foi possível", disse o dirigente, ao Globoesporte.com. Em compensação, o também meio-campista Carlinhos, do Standard Liège, da Bélgica, está por ser anunciado pelo Vasco, ele que se encontra no Rio de Janeiro e já realizou exames médicos.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.

Para mais notícias do Vasco da Gama, clique aqui.