Futebol brasileiro

Precisa de centroavante? Palmeiras passeia contra a Ponte Preta e mantém os 100% no Paulistão

Fabio Utz
Rony balançou a rede ainda no primeiro tempo no Allianz
Rony balançou a rede ainda no primeiro tempo no Allianz / Marcello Zambrana/ Agif/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Na segunda partida, a segunda vitória. O Palmeiras começou com tudo o Campeonato Paulista de 2022. E a pergunta que fica é: precisa realmente correr atrás de um centroavante? Bem, talvez os fáceis 3 a 0 diante da Ponte Preta indiquem que não.

Na noite desta quarta-feira, a equipe de Abel Ferreira não teve dificuldade alguma para se impor diante da Macaca no Allianz Parque. Em menos de 30 minutos, o time construiu o placar que se manteria até o apito final de Raphael Claus.

Murilo Gustavo Scarpa Palmeiras Ponte Preta Paulistão Campeonato Paulista
Murilo fez gol após escanteio cobrado por Scarpa / Jorge Bevilacqua/Código19/Gazeta Press

Os dois primeiros gols saíram dos pés da dupla zaga, em lances que tiveram na origem uma cobrança de escanteio efetuada por Gustavo Scarpa e que mostraram oportunismo dos defensores. Primeiro, Murilo aproveitou e marcou em sua primeira partida como titular do Verdão. Depois, foi a vez de Luan balançar a rede. No embalo, Rony também compareceu no marcador, mostrando que tem capacidade de definir jogadas e, quando necessário, ser o homem mais avançado do setor ofensivo.

Na caminhada rumo ao Mundial de Clubes, o Verdão volta a campo no sábado. Encara o São Bernardo, fora de casa.

Santos só empata

Se o Palmeiras sobrou no Allianz, o Santos não foi bem em Limeira. Diante da Inter, estreou no Paulistão apenas empatando em 0 a 0. É bem verdade que Gabriel Pirani foi expulso ainda no primeiro tempo e que Ricardo Goulart ainda não debutou pelo Peixe. No entanto, a primeira impressão do time em 2022 não foi das melhores.

facebooktwitterreddit