Porto insiste, mas deve mudar estratégia para novamente tentar a contratação de Pepê

Nov 24, 2020, 9:12 AM GMT-3
FBL-LIBERTADORES-GREMIO-CATOLICA
ALEXANDRE SCHNEIDER/Getty Images
facebooktwitterreddit

O fato de as competições relativas a 2020 só terminarem em 2021 causa preocupação. Afinal, a próxima janela de transferências internacionais para a Europa será bem em meio à reta final das disputas. Recentemente, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, falou sobre o tema e disse não saber o que esperar. Pois agora vem de Portugal a informação de que o Porto insiste na contratação de Pepê.

Na metade do ano, o Tricolor recusou 15 milhões de euros pelo atleta. À época, recém o atacante havia herdado a posição de Everton Cebolinha no time azul. Agora, já é titular incontestável, e é por isso que o Grêmio tende a dificultar ao máximo a saída do atleta. Com contrato até final de 2024, sua multa rescisória é de 150 milhões de euros. "Se alguém quiser o jogador, acerta com ele e deposita a cláusula", disse Cláudio Oderich, integrante do Conselho de Administração azul, à rádio Bandeirantes.

A imprensa lusa destaca o fato de que o Grêmio acredita na conquista de um título de expressão, e conta com Pepê para desequilibrar as partidas a seu favor. Por isso, o jornal O Jogo já aponta um outro caminho a ser tomado pelo Porto: esperar a metade de 2021, quando chegará ao fim a atual temporada no Velho Continente, para tentar concretizar o sonho de fechar com o avante. O atleta completará 24 anos em fevereiro e, segundo o site Transfermarkt, tem valor de mercado de 9 milhões de euros.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit