Transferências

Por que Palmeiras e Roma ainda não confirmaram a transferência de Matías Viña?

Antonio Mota
De saída do Palmeiras, Matías Viña desembarcou na Itália no último final de semana, mas ainda não foi oficializado como novo reforço da Roma. Por quê?
De saída do Palmeiras, Matías Viña desembarcou na Itália no último final de semana, mas ainda não foi oficializado como novo reforço da Roma. Por quê? / JUAN IGNACIO RONCORONI/Getty Images
facebooktwitterreddit

O uruguaio Matías Viña chegou à Itália no último final de semana, mas ainda não sabe quando sua transferência do Palmeiras para a Roma vai ser oficializada. Conforme o ge, o lateral-esquerdo vai precisar aguardar uma série de questões serem resolvidas antes de selar sua mudança da América do Sul para a Europa.

Isto porque, o Alviverde Paulista e La Magica ainda precisam costurar alguns pontos relacionados aos termos de pagamento da negociação. Ao todo, os italianos vão desembolsar cerca de 11 milhões de euros (R$ 67 milhões, na cotação atual) pelo lateral, porém o valor não vai vir dos cofres da equipe, mas de um fundo financeiro – ou seja, uma terceira parte na tratativa.

E é justamente aí que surge o imbróglio, já que esse modelo de negócio não é o mais comum no mercado. Além do contrato entre os clubes, os envolvidos também precisam alinhar um outro documento com esse fundo financeiro.

Palmeiras Matías Vina Mercado Roma
Matías Viña tem o caminho bem traçado para trocar o Palmeiras pela Roma. / JUAN IGNACIO RONCORONI/Getty Images

Neste contexto, enquanto aguarda a chegada do contrato com os termos da forma de pagamento, o Palmeiras vai tocando o assunto com a Roma e com a entidade financeira. Internamente, o Verdão entende que os tramites estão avançando, mas não tem pressa e não vai liberar o lateral sem uma segurança jurídica para o negócio.

Apesar deste empecilho, o Palmeiras entende que o negócio vai ser fechado e até já contratou uma nova peça para a lateral esquerda: Jorge, que estava no Monaco, da França. O clube também tem negociações avançadas com o lateral-esquerdo Joaquín Piquerez, do Peñarol, do Uruguai.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit