Por que o Grêmio não consegue priorizar o Brasileirão?

Gustavo Tavares
Gremio v Santos - Copa CONMEBOL Libertadores 2020
Gremio v Santos - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 / Pool/Getty Images
facebooktwitterreddit

Na noite deste sábado o Grêmio enfrentou o Goiás. O time de Renato buscava mais uma vitória no Brasileirão para continuar lutando pelo campeonato, mas não foi exatamente o que aconteceu. O rendimento foi abaixo do esperado e o jogo ficou só no empate sem gols. Mesmo com 61% de posse de bola e 17 chutes no gol, o resultado não veio. O time hoje se encontra há 9 pontos de diferença do líder São Paulo. Apesar de ter vencido 3 e empatado 2 dos últimos 5 jogos no Brasileirão, o time gaúcho avança pouco na tabela, estando na sexta colocação.

"Tem tanta coisa para acontecer no Campeonato Brasileiro. Não só com o Grêmio, mas com todas as equipes. Nove pontos são três jogos e tem muita coisa para acontecer. Tirando Palmeiras e Santos, a vantagem das outras equipes é jogar só no final de semana. É uma vantagem muito grande, dá para treinar e recuperar jogadores. Enquanto equipes que estão na Libertadores e Copa do Brasil se matando, outros estão na rede e na sombra. Mas faz parte, não vamos esquecer o Brasileiro. Vamos lutar até onde der. Vamos tentar avançar nas competições e no Campeonato Brasileiro", disse Renato.

FBL-LIBERTADORES-GREMIO-SANTOS
FBL-LIBERTADORES-GREMIO-SANTOS / DIEGO VARA/Getty Images

Quase como de costume, jogando a culpa em terceiros e deixando o desempenho da equipe um pouco de lado; o argumento da vez foi o "privilégio" de algumas equipes jogarem apenas o Brasileiro. Claro, não está completamente errado, muitos fatores pesam na hora de uma partida, ainda mas com um calendário lotado, mas acredito que esse tipo de fala pode virar um combustível para as equipes adversárias.

Priorizar o Brasileirão é uma tarefa complicada, mas não impossível para clubes que disputam três competições. Tudo depende do treinador, seus recursos, seu preparo e sua estratégia para a temporada. O que muitas vezes parece não existir. Renato precisa acalmar sua emoção após vencer algum jogo e falar o que precisa. Sempre que ele diz algo como "temos o melhor futebol", o Grêmio passa a oscilar em diversos jogos. Não que isso seja um fator super importante e que cause impacto nos jogos, mas com certeza gera mais ânimo ao adversário do que para o próprio elenco. Um pouco mais de "jogar mais e falar menos" pode ajudar no desempenho da equipe.

facebooktwitterreddit