Brasileiro Série B

Por que a atual sequência de três jogos sem vitória é a pior do Grêmio em três passagens pela Série B

Fabio Utz
Tricolor não ganhou de Cruzeiro, Ituano e Criciúma
Tricolor não ganhou de Cruzeiro, Ituano e Criciúma / Victor Lannes/MyPhoto Press/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

O Grêmio volta a campo no domingo para tentar quebrar uma sequência de três jogos sem vencer na Série B. Fora de casa, enfrenta o Vila Nova-GO sonhando com a retomada dos bons resultados e uma possível volta ao G-4. O momento, obviamente, é de turbulência, com o técnico Roger Machado tendo que encontrar soluções dentro de um plantel limitado e que, por vezes, oscila até mesmo na questão de comportamento - como o próprio treinador e o departamento de futebol já deixaram claro.

Para se ter uma ideia, esta é a pior sequência de resultados somando as três passagens do clube pela segunda divisão nacional. Quer comprovar isso? Então dá uma olhada...

Série B de 1992

Na primeira vez em que disputou a segunda divisão, o Grêmio jamais ficou três jogos seguidos sem vitória, seja na primeira ou segunda fase. Na classificação final, é verdade, ficou em nono lugar. Porém, sempre oscilando com um triunfo aqui e outro ali.

Série B de 2005

Ao longo da campanha de 17 anos atrás, que culminou na famosa Batalha dos Aflitos, o Tricolor acumulou três sequências de três jogos sem vitória. Porém, sem derrotas - só empates.

- Sequência 1: Guarani 1 x 1 Grêmio / Grêmio 2 x 2 Náutico / Caxias 1 x 1 Grêmio

- Sequência 2: Grêmio 0 x 0 Vila Nova / CRB 1 x 1 Grêmio / Grêmio 1 x 1 Marília

- Sequência 3 (já no quadrangular final): Santa Cruz 1 x 1 Grêmio / Portuguesa 1 x 1 Grêmio / Grêmio 2 x 2 Portuguesa

Série B de 2022

O Grêmio iniciou esta sequência ruim com derrota para o Cruzeiro por 1 a 0 em Belo Horizonte. Em seguida, vieram os empates com Ituano (1 a 1, em Itu) e Criciúma (0 a 0, na Arena).

facebooktwitterreddit