São Paulo

Por qual motivo o São Paulo negocia a contratação de Calleri no Uruguai?

Antonio Mota
Os direitos econômicos de Calleri pertencem ao Deportivo Maldonado desde 2016, quando foi vendido pelo Boca Juniors.
Os direitos econômicos de Calleri pertencem ao Deportivo Maldonado desde 2016, quando foi vendido pelo Boca Juniors. / Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images
facebooktwitterreddit

O São Paulo abriu conversas e demonstrou ao Deportivo Maldonado, do Uruguai, que tem interesse em contar mais uma vez com o atacante Jonathan Calleri. Após rodar por vários clubes na Europa, o centroavante de 27 anos pode retornar ao Morumbi em breve. Mas, afinal, por qual motivo o Tricolor negocia a contratação do centroavante com o clube uruguaio?

Calleri nunca entrou em campo pelo Deportivo Maldonado, porém, os seus direitos econômicos estão vinculados ao clube desde 2016. À época, o Depor pagou cerca de R$ 37 milhões ao Boca Juniors pela contratação do atacante. E esse é o motivo de o São Paulo precisa negociar com o time uruguaio.

São Paulo Mercado Jonathan Calleri
Jonathan Calleri fez muito sucesso em sua curta passagem pelo São Paulo. / Brazil Photo Press/Getty Images

Conforme o GloboEsporte, o Deportivo Maldonado é administrado por um grupo de empresários, os quais foram os responsáveis pela contratação de Jonathan Calleri anos atrás. Esses cartolas precisam dar o sinal verde pela venda dos direitos econômicos do atacante, notando que o argentino ainda tem contrato até o final do ano que vem.

Em contato, o São Paulo se mostrou interessado na compra do passe de Calleri – com o pagamento iniciando também no próximo ano. Além disso, o clube ofereceu um contrato com validade até o final de 2024 ao atacante.

Formado no All Boys, da Argentina, e com passagem pelo Boca Juniors, Jonathan Calleri chegou ao Deportivo Maldonado em 2016. De lá para cá, o atacante atuou por empréstimo em várias equipes, sendo: West Ham, da Inglaterra, e Las Palmas, Alavés, Espanyol e Osasuna, da Espanha, além do São Paulo.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit