Fortaleza

Por motivos disciplinares, Fortaleza comunica afastamento de meia-atacante Lucas Crispim

Nathália Almeida
Lucas Crispim foi afastado por tempo indeterminado
Lucas Crispim foi afastado por tempo indeterminado / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

Dias turbulentos nos bastidores do Fortaleza. Lanterna do Campeonato Brasileiro com apenas sete pontos conquistados em 12 rodadas, o Leão do Pici viveu momentos de terror após a derrota por 3 a 2 para o Avaí, na Ressacada, com o elenco tricolor sendo recebido com protesto que terminou em agressão de um torcedor ao centroavante Robson.

Menos de 24 horas após o lamentável e reprovável episódio de violência na capital cearense, o Fortaleza tornou pública a sua decisão de afastar, por tempo indeterminado, o meia-atacante Lucas Crispim. A medida disciplinar acontece como consequência de uma atitude extracampo do atleta de 27 anos, que teria comemorado seu aniversário com uma grande festa numa casa de praia no Porto das Dunas, um dia após o revés para o Avaí em Santa Catarina.

Confira, na íntegra, a nota oficial do Fortaleza:

"O Fortaleza Esporte Clube comunica o afastamento do ala Lucas Crispim de suas atividades com o elenco profissional por tempo indeterminado.

Os atletas, obviamente, têm direito ao lazer. No entanto, devem saber que há momentos e formas adequadas para isso. Jogadores profissionais representam o Clube, e a Instituição precisa ser respeitada sobretudo nos momentos mais difíceis.

O atleta já não participa hoje do treino de apronto para o jogo contra o América-MG e está fora da partida de amanhã"

facebooktwitterreddit