Futebol Feminino

Sem Marta e Cristiane, Pia Sundhage mantém renovação em lista para Copa América Feminina

Bia Palumbo
Bia Zaneratto fez um dos gols do Brasil no último jogo, a vitória por 3 a 1 sobre a Hungria
Bia Zaneratto fez um dos gols do Brasil no último jogo, a vitória por 3 a 1 sobre a Hungria / ANP/GettyImages
facebooktwitterreddit

A técnica Pia Sundhage anunciou nesta segunda-feira (6) as convocadas para os últimos amistosos antes da Copa América que acontece em julho na Colômbia. A principal ausência da lista é Marta, que se recupera de cirurgia no joelho. A Seleção Brasileira estreia dia 9, contra a Argentina, no Estádio Centenário, em Armênia, e o grupo ainda tem Peru, Uruguai e Venezuela. Já Cristiane, artilheira do Brasileirão Feminino, não foi chamada por escolha da sueca.

Marta, Denise O'Sullivan
Marta está afastada dos gramados desde março, quando se machucou em jogo contra o North Carolina Courage / Andy Mead/ISI Photos/GettyImages

Convocação do Brasil

Goleiras: Letícia Izidoro (Corinthians), Lorena (Grêmio) e Luciana (Ferroviária)

Defensoras: Rafaelle (Arsenal-ING), Tainara (Bayern de Munique-ALE), Kathellen (Inter de Milão), Tamires (Corinthians), Antonia (sem clube), Letícia Santos (Eintracht Frankfurt-ALE) e Fê Palermo (São Paulo)

Meio-campistas: Duda Santos (Palmeiras), Duda Francelino (Flamengo), Adriana (Corinthians), Kerolin (North Carolina Courage-EUA), Angelina (OL Reign-EUA), Gabi Portilho (Corinthians), Luana (PSG), Ary Borges (Palmeiras) e Duda Sampaio (Internacional)

Atacantes: Gabi Nunes (Madrid CFF-ESP), Debinha (North Carolina Courage-EUA, Geyse (Madrid CFF-ESP), Bia Zaneratto (Palmeiras) e Gio Queiroz (Levante-ESP)

"Temos que sonhar com o ouro. Vamos nos preparar para vencer a competição. O futuro para o futebol feminino é ver jogadoras se destacando no mundo inteiro. Marta não é só importante dentro de campo, mas também uma líder, um perfil que a Antônia também já desempenhou."

Pia Sundhage, técnica do Brasil

Destaque do Internacional, Duda Sampaio também entrou na relação de 24 atletas, ou seja, inicialmente é suplente em caso de corte na delegação para a Copa América.

A reta final de preparação das brasileiras inclui dois amistosos na Europa, em 24 e 28 de junho, contra Dinamarca e Suécia, respectivamente. Neste ano as meninas entraram em campo sete vezes perdeu apenas uma vez, em fevereiro para a França. Desde então foram três empates e duas vitórias consecutivas.

facebooktwitterreddit