Internacional

Perícia aponta inconsistências em votação que elegeu atual presidente do Inter - veja trechos do relatório

Fabio Utz
Relatório aponta votos duplicados durante eleição
Relatório aponta votos duplicados durante eleição / Lucas Uebel/GettyImages
facebooktwitterreddit

E não é que as última eleição do Internacional, realizada ainda em 2020 e que conduziu Alessandro Barcellos à presidência do clube, foram colocadas sob suspeição? Análise de perito, a qual a reportagem do jornal Correio do Povo teve acesso, apontou possível violação no sistema de votação.

A analise foi feita com autorização da Justiça após ação movida por 12 conselheiros, entre os quais José Aquino Flôres de Camargo, candidato derrotado no pleito. O relatório, que já está à disposição do clube deixa em aberto a possibilidade de robôs terem participado do pleito. A matéria, no entanto, não aponta possíveis responsáveis, mas sim alerta para inconsistências do processo.

VEJA ALGUNS TRECHOS DO RELATÓRIO

- Determinado associado “tentou votar várias vezes no mesmo instante, o que seria humanamente impossível”;

- “Usando como exemplo o timestamp22 1608052522507, que equivale ao momento 15/12/2020 às 14:15:22.507 (horário brasileiro), é bastante improvável que 3.824 (três mil oitocentos e vinte e quatro) usuários tenham gerado seus códigos de verificação pontualmente no mesmo instante, com precisão de milissegundos”;

- Há “10.077 registros de votos com código expirado” e que foram identificadas “inúmeras ocorrências de tentativas de votos no mesmo instante de tempo, fato que seria humanamente impossível”;

- "As análises realizadas demonstraram que vários sócios conseguiram registrar mais de um voto, gerando desconfiança na integridade do banco de dados”;

- “Com base na doutrina, considerando os pilares da segurança da informação e sistemas: a Confidencialidade, Integridade e Disponibilidade, não podemos considerar os sistemas como seguros pois foram comprometidos os pilares da Integridade e Disponibilidade".

NOTA DO INTER

"Na tarde desta quarta-feira, a comunidade colorada tomou conhecimento pela imprensa de um laudo de perícia em ação direcionada contra o Sport Club Internacional e as empresas responsáveis pelo sistema de votação utilizado na eleição realizada em dezembro de 2020. Do Clube foi exigido, tão-somente, o fornecimento da lista digital dos associados que votaram, o que foi atendido e cuja integridade foi atestada pelo perito.

O laudo deixa claro a inexistência de qualquer favorecimento ou intervenção em favor de qualquer chapa, o que referenda o resultado do pleito. Nossas equipes técnica e jurídica estão analisando o documento para eventuais apontamentos técnicos que se façam necessários.

A nossa eleição de 2020 foi a maior da história de um clube no futebol brasileiro e temos plena confiança na lisura do processo. O Clube desde o início da ação se manteve à disposição para esclarecimentos.

O vazamento desse laudo de 108 páginas em menos de 24 horas de sua disponibilização no processo, que tramita em segredo de justiça, mostra a clara intenção de expor e difamar o Sport Club Internacional, o que deve ser lamentado por todos os colorados e coloradas."

Para mais notícias do Internacional, clique aqui.

facebooktwitterreddit