Copa América

Pelé e Maradona nunca venceram a Copa América; Messi vai conseguir desta vez?

Rodrigo Salomao
Gigantes que nunca venceram a Copa América
Gigantes que nunca venceram a Copa América
facebooktwitterreddit

Em uma compilação de dados, curiosidades e mais memórias da Copa América, relembramos a atuação dos melhores jogadores de futebol da história nesta competição. Mas o mais estranho de tudo é que três dos maiores da história - : Maradona, Messi e Pelé - têm algo em comum. Algo particularmente em comum.

Pelé disputou o torneio apenas uma vez (1959) por pura e exclusivamente uma questão de prioridades: naquela época, a Copa América não tinha prestígio e ele optou por fazer uma turnê com o Santos. Na edição de 1959, disputada na Argentina, o Rei viajou com a insígnia de campeão: acabava de ser coroado campeão do mundo na Suécia um ano antes. O atacante fez jus à fama da época e terminou como artilheiro com 8 gols. A final terminou em 1 a 1 (Pizzuti e Pelé, os gols) e o troféu ficou nas mãos dos argentinos devido à pontuação acumulada. Depois disso, nenhuma participação.

Já Diego Armando Maradona, sempre muito apaixonado por defender a Albiceleste, participou de três edições: 1979, 1989 e 1987, chegando no máximo ao 3º lugar. E Messi? Bom, La Pulga também não conseguiu festejar um título sul-americano com a Seleção Nacional e, pior, sofreu duas amargas derrotas consecutivas nas finais dos torneios de 2015 e 2016, ambas contra o Chile, adversário da estreia em 2021. Ele é o futebolista argentino com mais participações (seis) no torneio continental e registra nove gols.

FBL-COPAM2016-ARG-CHI
Derrota amarga em 2016 quase fez Messi desistir de defender a seleção argentina / ALFREDO ESTRELLA/Getty Images

Assim, o craque do Barcelona, 14 anos após sua estreia na Copa América, em 2007, terá a possibilidade de quebrar o tabu e se colocar como uma exceção dentro dos extraterrestres Maradona e Pelé. Será que agora vai? O Brasil espera que não...

facebooktwitterreddit