Transferências

Paulinho revela desejo de sair do Bayer Leverkusen e avalia retorno ao Brasil: 'Nível muito bom'

Antonio Mota
Cria do Vasco, Paulinho diz que não quer continuar no Bayer Leverkusen e não descarta voltar ao Brasil: “O futebol brasileiro está muito bom”.
Cria do Vasco, Paulinho diz que não quer continuar no Bayer Leverkusen e não descarta voltar ao Brasil: “O futebol brasileiro está muito bom”. / Stuart Franklin/GettyImages
facebooktwitterreddit

O atacante Paulinho, ex-Vasco, decidiu que quer deixar o Bayer Leverkusen, da Alemanha. Em entrevista ao Jornal “O Globo”, o camisa 7 expôs a vontade de mudar de ares e revelou que os envolvidos já estão tratando da parte burocrática relacionada à sua saída do clube. Aos 22 anos, o futebolista não descarta voltar ao Brasil na sequência da carreira.

"Para mim, o meu futuro já está decidido. O clube já sabe que eu não quero ficar para a próxima temporada. Estão bem avisados, e estamos finalizando a parte burocrática com relação ao contrato para poder sair", revelou Paulinho, que ainda reforçou que não quer continuar nos “Leões” e que espera se sair bem em seu próximo desafio.

Paulinho não descarta voltar ao Brasil.
Paulinho revela deseja de sair do Bayer Leverkusen: “Para mim, o meu futuro já está decidido”. / VI-Images/GettyImages

Apesar da pouca idade - completou 22 anos na semana passada -, Paulinho não descartou voltar ao Brasil agora. O atacante disse que o nível do esporte no país aumentou e deixou o futuro em aberto. "O primeiro objetivo é acertar os detalhes com o Bayer. Claro que já tem conversas com outros clubes. Mas, por não ter nada definido no papel (com o Bayer), então não há nada certo com ninguém”, disse.

"Não descarto voltar ao Brasil. Tem Brasil e tem Europa. A gente sabe que hoje o nível do futebol brasileiro está muito bom. Diferentemente de alguns anos atrás. E tem a Europa também. Já estou aqui, né? Muitos clubes procuraram."

completou.
Paulinho quer sair do Bayer Leverkusen.
Paulinho deseja deixar o Bayer Leverkusen neste meio de ano: "Não quero ficar". / Lars Baron/GettyImages

Ainda sobre o Brasil, o atacante reforçou o carinho pelo Vasco, seu clube formador, mas preferiu não fechar portas para outras equipes. "A gente nunca pode dizer o que vai acontecer no futuro. É claro que o Vasco está sempre no meu coração. Não perco um jogo. Mas não posso dizer se vou voltar para o Vasco ou se vou para outro time. O futuro é muito incerto”, salientou.

Paulinho, que ainda contou ter o sonho de “um dia voltar ao Vasco” e mostrou estar na torcida para o time voltar à elite nacional, deixou o Brasil em 2018, quando foi comprado por 20 milhões de euros (cerca de R$ 85 milhões, na cotação da época) pelo Bayer Leverkusen. Desde então, o atacante disputou 71 jogos, com oito gols e cinco assistências.

facebooktwitterreddit