Brasileirao Série A

Palmeiras leva dois gols, mas reage contra o Bragantino e pode aumentar vantagem como líder do Brasileirão

Bia Palumbo
Palmeiras usou time reserva e mesmo assim ampliou invencibilidade no Campeonato Brasileiro
Palmeiras usou time reserva e mesmo assim ampliou invencibilidade no Campeonato Brasileiro / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

Com quatro titulares em campo, o Palmeiras sofreu contra o Red Bull Bragantino, mas pode terminar a rodada do Brasileirão ainda melhor do que começou. Isso porque a diferença para o vice-líder que era de sete pontos pode aumentar para oito, como está no momento.

Para que isso aconteça o Flamengo precisa perder para o Ceará neste domingo (4) no Maracanã. Caso contrário o rubro-negro tem a chance de se consolidar como principal perseguidor do time de Abel Ferreira.

O Massa Bruta abriu 2 a 0 no primeiro tempo, com Luan Cândido e Artur, aplicando a 'lei do ex' contra o clube que o formou, mas ainda no primeiro tempo o alviverde diminuiu em uma das jogadas mais trabalhadas pelo líder do campeonato. Scarpa bateu escanteio, Luan cabeceou e então o goleiro Cleiton espalmou para dentro do próprio gol: 1 a 1.

Contratado na janela de transferências do meio do ano, o uruguaio Merentiel entrou no segundo tempo para se tornar o herói palmeirense, visto que evitou a derrota ao receber lançamento de Luan e fuzilar para fazer o primeiro gol dele pelo Verdão.

A vantagem pode fazer Abel Ferreira pensar em possíveis ajustes na equipe, que chegou a 10 jogos de invencibilidade no Campeonato Brasileiro, mas pode ver o Fla encostar devido aos tropeços recentes (três jogos sem vencer, visto que empatou com Flamengo, Fluminense e Red Bull Bragantino). O último triunfo na competição foi há quase um mês, em 13 de agosto, quando ganhou o dérbi diante do Corinthians fazendo 1 a 0 - aliás, com gol contra de Roni. Antes disso eram seis vitórias consecutivas.

Sem tempo para lamentar, o Palmeiras volta a campo na terça-feira (6), quando recebe o Athletico-PR na Libertadores. O time precisa reverter a vantagem de 1 a 0 do Furacão, que ganhou em Curitiba com gol de Alex Santana e agora joga pelo empate para ir à final. Já o atual bicampeão aposta na força da torcida no Allianz Parque e deve ter praticamente força máxima. A única baixa até o momento é o meio-campista Danilo, que cumpre suspensão.

facebooktwitterreddit