Brasileirao Série A

Na Era Abel Ferreira, Palmeiras perdeu apenas uma vez sem o técnico no banco; veja os números

Bia Palumbo
Diagnosticado com Covid-19, Abel Ferreira cumpre protocolo de isolamento
Diagnosticado com Covid-19, Abel Ferreira cumpre protocolo de isolamento / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit

Falta apenas um jogo para encerrar a rodada 13 do Brasileirão e trata-se do clássico entre São Paulo e Palmeiras, previsto para a noite desta segunda-feira (20) no Morumbi.

Ambos os times possuem desfalques importantes e uma das ausências confirmadas é o técnico Abel Ferreira, que testou positivo para a Covid-19. Ele apresentou sintomas gripais e cumpre isolamento, então será substituído pelo compatriota João Martins.

Abel Ferreira
João Martins também possui estilo inquieto à beira do gramado / Pool/GettyImages

Além de auxiliar, João Martins também é preparador físico. Aos 34 anos, ele é natural de Sintra, iniciou a carreira nas categorias de base do Sporting e depois trabalhou no Braga com Abel, que o levou para a Grécia quando foi contratado pelo PAOK e depois veio para o Brasil. Desde então ele foi acionado para comandar a equipe ao longo de 14 jogos e ainda não perdeu - são nove vitórias e cinco empates. Neste período foram três clássicos, todos diante do Santos e pelo Campeonato Brasileiro (2 a 2 na Vila Belmiro em 2020, 3 a 2 no Allianz Parque em 2021 e 1 a 0 na Vila Belmiro no fim de maio).

Assim como Abel, João costuma contestar as decisões da arbitragem, tanto que neste Campeonato Brasileiro mesmo como assistente técnico ele já recebeu dois cartões amarelos (ambos por conduta antidesportiva, ou seja, por discutir com integrantes do banco de reservas ou até mesmo com o técnico adversário).

João Martins e Abel Ferreira
João Martins e Abel Ferreira trabalham juntos desde o futebol português / Gualter Fatia/GettyImages

A comissão técnica lusitana assumiu o time em 5 de novembro de 2020 e desde então são 146 partidas, sendo 85 vitórias, 31 empates e 30 derrotas. Além de João Martins, outro que comandou o alviverde na ausência de Abel foi o auxiliar Vitor Castanheira, com empate e uma derrota até o momento.

O desempenho em clássicos contabiliza 25 jogos, sendo que o Palmeiras venceu 13, empatou sete e perdeu apenas cinco vezes, sendo quatro delas para o São Paulo.

facebooktwitterreddit