Opinião

3 reforços que chegarão ao Palmeiras e como eles podem mudar o time de Abel Ferreira

Antonio Mota
Reforços para Abel Ferreira. O Palmeiras vai repatriar Dudu, Borja e Deyverson ao longo de 2021. Trio, porém, tem status diferente no Allianz Arena.
Reforços para Abel Ferreira. O Palmeiras vai repatriar Dudu, Borja e Deyverson ao longo de 2021. Trio, porém, tem status diferente no Allianz Arena. / Pool/Getty Images
facebooktwitterreddit

O Palmeiras não pretende investir pesado no mercado de transferências nesta temporada. O Alviverde entende que tem um elenco que pode continuar brigando por títulos em 2021 e que não precisa fazer ‘loucuras financeiras' em busca de novas peças para Abel Ferreira. Isto, porém, não quer dizer que reforços não chegarão ao Allianz Parque ao longo do ano. Muito pelo contrário. Três nomes certamente vão desembarcar em São Paulo nos próximos meses.

Ao longo do ano, o Verdão vai repatriar três atletas: Dudu, que atuou uma temporada por empréstimo Al Duhail, do Catar; Miguel Borja, que foi cedido ao Junior Barranquilla até o final do mês que vem; e Deyverson, que defendeu o Alavés, da Espanha, nos últimos meses. O último, inclusive, já tem data para voltar aos trabalhos na Academia: sexta-feira, 4 de junho.

Dudu Palmeiras Mercado
Dudu tem tudo para ir bem no Palmeiras de novo. / NELSON ALMEIDA/Getty Images

Desta forma, Abel Ferreira, que pediu reforços à diretoria do clube paulista, vai ganhar ao menos três peças para o setor de ataque. Confira a situação contratual do trio:

Dudu: o meia-atacante tem contrato até o final de 2023 com o Verdão. Após uma temporada no Catar, o talentoso atleta vai retornar ao clube. Ele, porém, só deve ficar à disposição a partir de agosto – quando abre a janela internacional de transferências.

Deyverson: o irreverente atacante foi emprestado e atuou uma temporada na Espanha, mas retornou recentemente e em breve vai integrar o grupo de Abel Ferreira. Ele tem contrato até o final do ano que vem com o Verdão, o qual ainda pode emprestá-lo novamente.

Borja: o atacante tem vínculo até o final de 2022 com o Palmeiras, que o emprestou no começo do ano passado ao Junior. Seu contrato na Colômbia termina no mês que vem, quando, a princípio, ele retorna ao Brasil. Caso seja reintegrado, o atacante também só vai poder atuar a partir de agosto.

Dos três atacantes, Dudu é o único que tem o futuro definido: ele vai ser utilizado pelo Palmeiras. Deyverson, mesmo sendo reintegrado, ainda pode ser negociado. E Borja, que é bem avaliado no Verdão, também não tem os próximos passos bem definidos.

Miguel Borja Palmeiras
Novo homem-gol no Palmeiras? Borja é matador. / Miguel Schincariol/Getty Images

De todo modo, caso Abel Ferreira resolva utilizar todos os três, o Verdão vai ganhar ótimas opções para a sequência do ano, sobretudo na ‘referência’ e na criação.

Com Dudu, o Alviverde ganha muito em toda a construção do jogo. Inteligente, ídolo, vencedor e com muita qualidade, o meia-atacante aumenta, e muito, as possibilidades do treinador. Ele pode jogar aberto, por dentro, mais recuado... E sempre correspondendo muito bem. Uma excelente “aquisição” para o Allianz Parque.  

Sobre Deyverson e Borja, que não têm o futuro definido em São Paulo, o Palmeiras também ganha, em especial no que diz respeito ao colombiano. Em alta no Junior, o camisa 9 tem qualidade e pode se encaixar perfeitamente no ataque do Verdão. Com ele, Abel recebe um homem-gol de qualidade, experiente e que pode “desafogar” Luiz Adriano.  

Seja como for, o Palmeiras vai ficar ainda mais forte.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit