Futebol brasileiro

Palmeiras bate o São Paulo, se classifica no Estadual e coloca fim a tabus e marcas históricas

Fabio Utz
Rony fez o único gol do duelo realizado no Morumbi
Rony fez o único gol do duelo realizado no Morumbi / Marcello Zambrana/Agif/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

O gol de Rony, logo aos 10 minutos do Choque-Rei desta quinta-feira, serviu para garantir a vitória do Palmeiras por 1 a 0 sobre o São Paulo em jogo atrasado da quarta rodada do Campeonato Paulista. Mas não apenas isso. Ele ainda colocou fim a tabus e marcas envolvendo os clubes e alguns personagens importantes do clássico.

O primeiro tabu que caiu (e mais antigo dele), remontava a 1997. Desde lá a equipe alviverde não vencia o Tricolor no Morumbi pelo Paulistão - foram 11 vitórias e quatro empates no período. Além disso, o atacante responsável por balançar a rede no duelo não marcava desde 26 de fevereiro - como curiosidade, foi apenas o seu segundo tento na temporada.

Na disputa Rogério Ceni x Abel Ferreira, o técnico são-paulino foi derrotado pela primeira vez em enfrentamentos com o português. No Brasileirão de 2020 e 2021, ainda no comando do Flamengo, havia vencido, respectivamente, por 2 a 0 e 1 a 0. Já na Supercopa do Brasil do ano passado, tinha empatado em 2 a 2 e garantido o título nos pênaltis. Quando retornou ao lugar onde é ídolo, ainda no último Campeonato Brasileiro, o 2 a 0 em pleno Allianz Parque virou marca.

Por fim, este foi o primeiro dérbi perdido pelo treinador tricolor nesta sua segunda passagem pelo clube. Além do triunfo sobre o próprio Verdão, havia batido o Corinthians em duas oportunidades por 1 a 0 (no Brasileirão e no atual Paulistão) e feito 3 a 0 no Santos (também no Estadual em disputa). Ou seja, o São Paulo sequer tinha sofrido gols de seus principais rivais neste período.

O Palmeiras chegou aos 23 pontos e confirmou classificação às quartas de final de forma antecipada. Lidera o Grupo C do campeonato e tem a melhor campanha entre todos os participantes. Já o São Paulo, que até tentou uma recuperação ao longo do duelo, mas perdeu ímpeto depois da expulsão de Rafinha, mesmo na primeira colocação do Grupo B com 17, ainda não está com a vaga matematicamente assegurada.

Para mais notícias do Palmeiras, clique aqui.

Para mais notícias do São Paulo, clique aqui.

facebooktwitterreddit