Bundesliga

Pai de Reinier desabafa sobre falta de oportunidades ao ex-Flamengo no Dortmund: 'Muito estranho'

Lucas Humberto
Meia-atacante revelado no Flamengo está emprestado pelo Real Madrid
Meia-atacante revelado no Flamengo está emprestado pelo Real Madrid / Matthias Hangst/GettyImages
facebooktwitterreddit

Pouco utilizado desde que chegou ao Borussia Dortmund, em agosto de 2020, Reinier costuma assistir grande parte dos jogos diretamente do banco de reservas. Até agora foram 26 jogos e apenas um gol. Mauro Brasília, pai do meia-atacante, acha que o jogador de 19 anos está sendo mal aproveitado na Alemanha.

"Poderia contribuir para a equipe com o seu diferente estilo de jogo, muito necessário em alguns jogos. Ele conhece como poucos a ideia da posse de bola, o controle do jogo. Parece que o Dortmund não entendeu, não percebeu esta boa opção"

Mauro Brasília, pai de Reinier
Borussia Dortmund Reinier Real Madrid
Reinier em ação pelo Borussia Dortmund / INA FASSBENDER/GettyImages

"Apesar deste pequeno atraso no início da sua carreira profissional na Europa, Reinier continua sendo um nome de prestígio em outros grandes clubes, e o Borussia perde dia a dia a oportunidade de se desenvolver e desfrutar de mais um jovem talentoso, mantendo a sua tradição. O jogador de futebol não é seu patrimônio. Algo muito estranho está acontecendo lá. É uma pena! Para nós dois!”, disparou.

Formado nas categorias de base do Flamengo, Reinier pertence ao Real Madrid, mas está emprestado ao time da Bundesliga. Na temporada 2020/21, o atleta teve somente 339 minutos em campo considerando quatro competições diferentes. Na atual campanha, são apenas 156 minutos, sendo míseros 45 no principal torneio nacional dos gramados alemães. A escassez de reacendeu os rumores de uma possível saída na próxima janela de transferências.

Considerado um dos principais talentos recentes da base do clube carioca, Reinier foi vendido ao Real Madrid ainda adolescente, aos 17 anos, em janeiro de 2020, por cerca de R$ 136 milhões e assinou contrato até junho de 2026. Como tinha apenas 15 jogos como profissional até então, seguiu o mesmo caminho de outras promessas - começou no Real Madrid B, onde marcou dois gols em três jogos, até que decidiu ganhar mais experiência no futebol alemão. Neste período ele também seguiu em convocações da seleção brasileira de base e inclusive integrou o elenco campeão olímpico em Tóquio 2020.

facebooktwitterreddit