Os treinadores com maiores salários no mundo do futebol

Pedro José Domingues
Tottenham Hotspur v Manchester City - Premier League
Tottenham Hotspur v Manchester City - Premier League / Pool/Getty Images
facebooktwitterreddit

Seja por nome, história no futebol, carreira vitoriosa como técnico e/ou jogador ou competência e profissionalismo no comando de suas equipes, estes são os treinadores com os maiores salários da atualidade.

É claro que existem mercados mais poderosos e mais tradicionais no futebol, mas será que é um preço justo pelo o que apresentam em suas equipes? Confira a lista a seguir, e tire sua própria conclusão.

10. Hans Flick (Bayern de Munique) - 8 milhões de euros

FC Bayern Muenchen v FC Schalke 04 - Bundesliga
FC Bayern Muenchen v FC Schalke 04 - Bundesliga / Alexander Hassenstein/Getty Images

O alemão Hans Flick conquistou tudo e mais um pouco em sua primeira temporada no comando do Bayern, com cinco títulos e um time invencível em suas mãos. Mesmo com pouca bagagem como técnico, Flick já recebe cerca de oito milhões de euros anuais.

9. Carlo Ancelotti (Everton) - 8 milhões de euros

Everton Unveil New Manager Carlo Ancelotti
Everton Unveil New Manager Carlo Ancelotti / Jan Kruger/Getty Images

Um dos mais vitoriosos e icônicos técnicos de toda a história do futebol, o italiano Carlo Ancelotti voltou aos holofotes ao começar um bom trabalho no Everton-ING. Ancelotti fez história por onde passou, e hoje em dia seu salário é de cerca de oito milhões de euros anuais.

8. Jurgen Klopp (Liverpool) - 10,5 milhões de euros

Liverpool FC v Everton FC - Premier League
Liverpool FC v Everton FC - Premier League / Clive Brunskill/Getty Images

Um dos principais técnicos dessa última década, o alemão Jurgen Klopp acumulou campanhas memoráveis e títulos por Borussia Dortmund e Liverpool. Além disso, renovou e vem aprimorando cada vez mais a forma dos ingleses de jogarem futebol. Seu salário é por volta de 10,5 milhões de euros anuais.

7. Antonio Conte (Internazionale) - 11 milhões de euros

FBL-EUR-C3-LUDOGORETS-INTER-MILAN
FBL-EUR-C3-LUDOGORETS-INTER-MILAN / NIKOLAY DOYCHINOV/Getty Images

Um dos mais renomados técnicos da escola italiana, Antonio Conte tem a missão de reerguer a Internazionale e colocá-la de volta na prateleira dos gigantes da Europa.

Desde sua saída do Chelsea, vive altos e baixos mas ainda se destaca por suas ideias de jogo e liderança em suas equipes. Sua remuneração na Itália gira em torno de onze milhões de euros por ano.

6. Zinedine Zidane (Real Madrid) - 12 milhões de euros

Real Madrid Press Conference
Real Madrid Press Conference / Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images

Zidane certamente é um dos maiores nomes da história do gigante Real Madrid, por toda sua trajetória como jogador dos merengues, e sua recente e vitoriosíssima passagem como técnico do clube.

Retornou em 2019 a Madri a pedido de Florentino, e hoje em dia recebe cerca de três vezes mais em relação a sua última passagem pelo Real. Seu salário em 2021 é de cerca de 12 milhões de euros anuais.

5. Fabio Cannavaro (Guangzhou Evergrande) - 12,5 milhões de euros

AFC Champions League: Group Stage - Guangzhou Evergrande FC v Melbourne Victory
AFC Champions League: Group Stage - Guangzhou Evergrande FC v Melbourne Victory / Marcio Machado/Getty Images

Campeão da Copa de 2006 e eleito o melhor jogador do mundo pela FIFA no mesmo ano, o ex-zagueiro italiano Fabio Cannavaro comanda o Guangzhou Evergrande desde 2017. Na atual temporada, sagrou-se campeão da Superliga Chinesa, e recebe cerca de um milhão de euros por mês, totalizando um montante de 12,5 milhões anuais.

4. Rafa Benítez (Dalian Yifang) - 13,5 milhões de euros

FILES-FBL-ASIA-CHN-BENITEZ-DALIAN
FILES-FBL-ASIA-CHN-BENITEZ-DALIAN / STR/Getty Images

Outro treinador de história imensa no futebol europeu, o espanhol Rafa Benítez comanda o Dalian Yifang, da elite do futebol chinês. Benítez é mais um dos grandes nomes nesse processo de crescimento e evolução do futebol na China. Rafa tem o salário de cerca de 13,5 milhões de euros anuais em um dos times com maior poderio financeiro e esportivo da liga.

3. Diego Simeone (Atlético de Madrid) - 15 milhões de euros

Olympique de Marseille v Club Atletico de Madrid - UEFA Europa League Final
Olympique de Marseille v Club Atletico de Madrid - UEFA Europa League Final / Laurence Griffiths/Getty Images

A relação de Diego Simeone com o Atlético de Madrid é digna de livro, filme e tudo o que você puder imaginar. Já são dez anos do técnico argentino à frente dos colchoneros, e muitas conquistas, crescimento esportivo e investimento nessa década de trabalho.

O Atlético se tornou outro clube com Diego, que hoje em dia tem um salário que gira em torno de 15 milhões de euros por ano.

2. José Mourinho (Tottenham) - 17,5 milhões de euros

FILES-FBL-ENG-PR-TOTTENHAM-MOURINHO
FILES-FBL-ENG-PR-TOTTENHAM-MOURINHO / ISABELLA BONOTTO/Getty Images

Ele não poderia ficar de fora desse pódio. O lendário, histórico, vencedor e com todos os adjetivos possíveis para ele, José Mourinho, voltou aos holofotes do futebol europeu para assumir o Tottenham, em 2019.

Com o português, os Spurs vem tendo uma ótima temporada digna de "The Special One", e é um dos favoritos aos títulos da Premier League e Europa League. José tem um salário que gira em torno de 17,5 milhões de euros anuais. Muita história envolvida.

1. Pep Guardiola (Manchester City) - 23 milhões de euros

Newport County AFC v Manchester City - FA Cup Fifth Round
Newport County AFC v Manchester City - FA Cup Fifth Round / Michael Regan/Getty Images

Se Mourinho não poderia ficar de fora dos três primeiros, Guardiola então... O espanhol é considerado um dos maiores treinadores de toda a história do futebol, e acumula trabalhos que dispensam comentários nas últimas duas décadas, comandando Barcelona, Bayern de Munique e agora o Manchester City.

Atualmente, ele é o elemento central de toda a reformulação, crescimento e engrandecimento do City, sendo fundamental em todas o avanços do clube. Por toda sua influência dentro e fora das quatro linhas, é o treinador mais bem pago do planeta, recebendo por volta de 23 milhões de euros por ano.

facebooktwitterreddit