Brasileirao Série A

Os números que comprovam que Maurício, do Inter, foi o craque da 20ª rodada da Série A

Lucas Humberto
Autor de dois gols na sonora vitória do Colorado, Maurício "infernizou" a confusa linha defensiva do Galo
Autor de dois gols na sonora vitória do Colorado, Maurício "infernizou" a confusa linha defensiva do Galo / Silvio Avila/GettyImages
facebooktwitterreddit

A 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, a primeira do segundo turno, chegou ao fim nesta segunda-feira, 1. Entre resultados esperados e surpreendentes, é impossível não destacar o sonoro 3 a 0 do Internacional sobre o Atlético-MG, no Beira-Rio, em plena reestreia de Cuca. A vitória reabilitou o Colorado na Série A, e marcou o encerramento de um jejum pessoal.

Maurício, personagem central do confronto, não encontrava o caminho das redes há cinco meses. Mas ele provou não ter esquecido. Aos seis minutos do primeiro tempo, o meia abriu o placar com uma pancada de fora da área no ângulo direito de Everson. Aos 30, ele bateu com categoria para dar números finais ao duelo: 3 a 0 - Wanderson havia anotado aos 24.

"Foram gols muito especiais para mim, estádio cheio, clima muito bom, jogo grande, respeitando o Atlético-MG, equipe que dispensa comentários, pelo que fez na temporada passada", celebrou Maurício em entrevista após o confronto. Eficiente nos arremates, o atleta de 21 anos terminou a partida com quatro chutes (sendo dois no gol) e 28 ações com a bola, conforme o SofaScore.

"Emoção grande para que saísse (o gol). No outro jogo, Weverton (goleiro do Palmeiras) fez grande defesa, mas não deixei de trabalhar e me esforçar", completou o meio-campista. A grande atuação, aliás, pode ter colocado uma boa dúvida na cabeça de Mano Menezes. Será que Maurício merece uma vaga no plantel titular que enfrenta o Melgar na Sul-Americana na próxima quinta?

facebooktwitterreddit