Santos FC

Os números e marcas negativas que explicam a má fase do Santos na temporada

Fabio Utz
Peixe tem apenas nove pontos conquistados em oito jogos no Paulistão
Peixe tem apenas nove pontos conquistados em oito jogos no Paulistão / Guilherme Dionizio/Código19/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

A campanha do Santos até aqui no Campeonato Paulista é, no mínimo, preocupante - para não dizer outra coisa. Não à toa os maus resultados e o desempenho abaixo do esperado levaram o clube a demitir o técnico Fábio Carille. Alguns números trazidos pelo SofaScore ajudam a explicar o mau momento da equipe.

Dos 16 clubes que disputam o Estadual, o Peixe é o que mais sofreu com finalizações dos adversários (110). Desses arremates, 47 foram em direção à meta de João Paulo - nenhum outro time foi bombardeado tanto assim.

Além disso, o time alvinegro é o que mais perdeu chances claras para balançar a rede (10), está em 13º no quesito pontaria (32%) e em 14% na conversão de oportunidades claras (33%). Em média, tem 2,9 finalizações corretas por jogo, o que o deixa em 14º lugar no ranking.

Em oito jogos, a equipe ganhou dois, empatou três e perdeu outros três - está em segundo lugar no Grupo D com nove pontos, sete a menos que o Red Bull Bragantino e apenas dois a mais que Ponte Preta e Santo André. Marcou apenas oito gols e sofreu 11. Ou seja, o ataque foi pouco eficiente, e a defesa vazou bastante.

Será que a estreia na Copa do Brasil, nesta quarta-feira (23), vai mostrar os mesmos defeitos?

Para mais notícias do Santos, clique aqui.

facebooktwitterreddit