Palmeiras

Os números e conquistas que já cravam Abel Ferreira como maior técnico da história do Palmeiras

Lucas Humberto
Abel conduziu remontada alviverde na decisão do Paulistão 2022
Abel conduziu remontada alviverde na decisão do Paulistão 2022 / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit

A franca desvantagem do Palmeiras na decisão do Campeonato Paulista 2022 foi dissipada em cerca de 20 minutos. Ainda no primeiro tempo, Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga anotaram diante do São Paulo, que vinha da sua maior atuação em 2022. Apenas quatro dias antes, o Tricolor havia garantido um imponente 3 a 1 na ida diante de 60 mil pessoas no Morumbi.

Palmeiras São Paulo Abel Ferreira Campeonato Paulista
Verdão conduziu remontada grandiosa / NELSON ALMEIDA/GettyImages

Veiga, indo às redes novamente no início da segunda parcial, sacramentou o que todo o Allianz Parque já sabia: o Verdão recusa o fracasso sempre que pode. A história estava feita: o placar de 4 a 0 rendeu ao alviverde uma das taças mais memoráveis da era Abel Ferreira. Dois termos que, aliás, cruzaram-se novamente: títulos e Abel.

Sob comando do técnico lusitano, o Verdão chegou ao seu duelo de número 126. São 70 vitórias, 27 empates e 29 derrotas, resultando em 63% de aproveitamento. Nesse período, o Verdão anotou 195 gols e sofreu 104. São cinco títulos: Copa do Brasil e Libertadores, em 2020; Libertadores, em 2021; além da Recopa Sul-Americana e do Paulistão, em 2022.

Em proporção, o treinador levantou uma taça a cada 25 partidas. E olha que são nove decisões disputadas pelo português. As estatísticas são do FootStats. Consolidado na história e no cenário sul-americano, o Palmeiras de Abel agora volta suas atenções para os principais compromissos de 2022. Tudo começa nesta quarta-feira (6), contra o Deportivo Táchira, pela Libertadores.

Abel Ferreira Palmeiras São Paulo Campeonato Paulista
Lusitano está habituado a levantar troféus / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit