Brasileirao Série A

Os destaques do jogo de seis gols entre Internacional e São Paulo

Bia Palumbo
Pedro Henrique marcou duas vezes contra o São Paulo do estreante Marcos Guilherme
Pedro Henrique marcou duas vezes contra o São Paulo do estreante Marcos Guilherme / Crédito: Pedro H. Tesch/ Agif/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Um dos jogos mais esperados da rodada 18 do Brasileirão era entre Internacional e São Paulo. A expectativa se confirmou quando a bola rolou no Estádio Beira-Rio e o placar com seis gols ajuda a explicar o que aconteceu.

Com quatro gols nos primeiros 30 minutos, o primeiro tempo terminou 2 a 2. Os times estavam com desfalques importantes e Inter saiu na frente três vezes, mas o Tricolor do Morumbi teve disposição de sobra e apostou em jogadas de velocidade pela direita para empatar a partida.

A temperatura do jogo esquentou e então o experiente árbitro Marcelo de Lima Henrique decidiu controlar os ânimos distribuindo cartões - foram 10 no total, sendo seis para jogadores do São Paulo (Thiago Couto, Rafinha, Diego Costa, Luizão, Gabriel Neves e Luciano) e quatro para os donos da casa - Heitor, Rodrigo Moledo, Mercado e Moisés foram advertidos.

Os destaques do jogo

1. Gabriel

Titular absoluto no meio de campo, ele protege o setor defensivo e ainda contribui ofensivamente, proporcionando mais liberdade para os armadores

2. Luciano

Mesmo sem o artilheiro Calleri, o atacante que é xodó da torcida correspondeu e marcou o gol que evitou a derrota tricolor. Além disso vale ressaltar a atuação de Nikão, autor de dois gols.

3. Pedro Henrique

Contratado em maio, o atacante só balançou a rede pelo Inter no sétimo jogo que fez com a camisa do clube, porém em julho deslanchou - chegou a quatro gols nas últimas quatro partidas.

4. Thiago Couto

Sem o titular Jandrei, que nem viajou a Porto Alegre após sofrer pancada nas costas, o goleiro de 23 anos formado na base em Cotia começou jogando mas sentiu a falta de ritmo de jogo, falhando nos gols, e ainda cometeu um pênalti. Ele acertou o canto, mas não defendeu a cobrança de Edenilson.

5. Marcos Guilherme

Único reforço para o time de Rogério Ceni no segundo semestre, o atacante de ofício iniciou a segunda passagem com a camisa tricolor como titular na ala-esquerda e foi substituído no segundo tempo por Welington.

facebooktwitterreddit