Brasileirao Série A

Os destaques do clássico entre Atlético-MG e América-MG pelo Brasileirão

Bia Palumbo
Everson defendeu um pênalti no Horto
Everson defendeu um pênalti no Horto / NELSON ALMEIDA/GettyImages
facebooktwitterreddit

Domingo de clássico em Belo Horizonte! Atlético-MG e América-MG protagonizaram um jogo disputado, sendo que o atual campeão brasileiro dominou as estatísticas, Zaracho acertou o travessão, mas foi o Coelho quem teve nos pés a maior chance de vencer. Foram dois gols nos primeiros 20 minutos, mas o placar ficou mesmo no 1 a 1 e então cada clube voltou para casa com apenas um ponto na conta.

Sendo assim, o 90min traz abaixo os personagens que ajudam a contar o que aconteceu no Independência.

1. Hulk

Artilheiro do Galo estava há sete jogos sem balançar a rede no Campeonato Brasileiro, mas chamou a responsabilidade ao bater falta logo aos 9 minutos do clássico e bateu forte, então a bola passou pela barreira e entrou no canto esquerdo de Cavichioli. O goleiro levou a melhor em outro duelo particular com o camisa 7, no final da segunda etapa, após outra cobrança de falta que ele espalmou.

"Passar por uma situação dessa sem vitórias é muito difícil para nós. Estamos passando por uma fase muito difícil, a gente vem dando nosso melhor e a vitória não está acontecendo. Não é normal pelo elenco que nós temos, com grandes talentos, um grupo sem vaidade. Trocaria o gol pelos três pontos. Mesmo se o gol fosse contra o mais importante seria a vitória. A gente vai trabalhar, nosso objetivo esse ano é chegar na Libertadores para que no próximo ano, até porque tem a inauguração da nossa Arena, que seja um ano maravilhoso."

Hulk, atacante do Atlético-MG

2. Henrique Almeida

Camisa 19 empatou o jogo em chute de fora da área e poderia sair de campo como herói do clássico, porém na hora do pênalti que decretaria a virada ele bateu no canto direito de Éverson, que defendeu. Estas foram as duas finalizações dele na partida. Ele foi substituído no segundo tempo por Wellington Paulista.

3. Éverson

O pênalti defendido não foi a única defesa importante dele, que ainda pegou chutes de Wellington Paulista e Aloísio Boi Bandido, por exemplo.

Com apenas uma vitória nos últimos cinco jogos, o Galo novamente perdeu a chance de encostar no G-6. Neste momento o alvinegro ocupa a 7ª posição, com três pontos a menos do que o Inter (6º), que enfrenta o Juventude nesta segunda-feira (29). Já o Coelho está em 9º lugar, com 32 pontos.

facebooktwitterreddit