Os clubes brasileiros que tentaram a contratação de Diego Armando Maradona

Nov 27, 2020, 2:49 AM GMT-3
TOPSHOT-FBL-EURO-2016-FRA-HUBLOT
TOPSHOT-FBL-EURO-2016-FRA-HUBLOT | PATRICK KOVARIK/Getty Images
facebooktwitterreddit

Na última quarta-feira (25), morreu Diego Armando Maradona, provavelmente, o maior nome não só do futebol argentino, mas também de toda a história do país. Devido a complicações por conta de uma recente cirurgia no cérebro, Maradona teve uma parada cardiorrespiratória, e não resistiu.

De fato uma das notícias mais tristes da história do futebol que, após quase duas semanas depois do aniversário de 60 anos de Diego, o viu partir. Com certeza demoraremos bastante até vermos uma comoção e idolatria tão grande por alguém. Para nós brasileiros, é até difícil entender a dimensão e importância de Maradona para o povo argentino.

Apesar dos pesares, Maradona é uma das grandes personalidades do esporte, encantando muitos com seu futebol e volta por cima. Como diria o escritor Eduardo Galeano, Maradona foi e é o mais humano dos Deuses, e como diria o próprio Maradona, "La pelota no se mancha".

TOPSHOT-FBL-WC-2018-MATCH39-NGR-ARG
TOPSHOT-FBL-WC-2018-MATCH39-NGR-ARG | GABRIEL BOUYS/Getty Images

Com passagens memoráveis por Boca Juniors e Napoli, o craque argentino colocou a seleção de seu país em prateleiras altíssimas ao conquistar de maneira histórica a Copa do Mundo de 1986, com direito ao "gol do século" e "La mano de Dios". No total, defendeu seis equipes em sua carreira - Argentinos Juniors, Boca Juniors, Barcelona, Napoli, Sevilla e Newell's Old Boys.

No entanto, também teve propostas para jogar no futebol brasileiro, tanto na década de 80, como na de 90. Com isso, listamos aqui os clubes brasileiros que se interessaram por Maradona, desde o seu surgimento no Argentinos Juniors, como também em seu final de carreira. Confira:

Portuguesa

Diego Maradona
Diego Maradona | Getty Images/Getty Images

Aos 21 anos de idade, Maradona já se destacava nos campos de futebol da Argentina, atuando nas categorias de base do Argentinos Juniors. Na época, o clube de Buenos Aires vivia uma crise financeira, e necessitava de vender sua promessa.

Juan Figer, famoso e importante empresário uruguaio, estava intermediando a negociação com a Portuguesa, onde tinha boa relação com o presidente Manuel Gregório. No entanto, a pedida de 300 mil dólares por Maradona fez com que a Portuguesa desistisse do negócio, que considerou o valor alto para um jogador que ainda teria de ser lapidado.

Palmeiras

Diego Armando Maradona, Giuseppe Carillo
AS Photo Archive | Alessandro Sabattini/Getty Images

Na Era Parmalat, o Palmeiras se viu próximo de acertar a contratação do astro da Napoli, em um ano em que Maradona estava em período de inatividade por conta do exame anti-doping que apontou uso de cocaína, em 1992. A patrocinadora do Palmeiras planejava contratar o argentino por 5 milhões de dólares para o time brasileiro e, dois anos depois, acertar seu retorno ao Boca Juniors, que também era patrocinado pela empresa. No entanto, Diego preferiu por permanecer na Europa, e acertou sua ida ao Sevilla.

Santos

Diego Maradona
South Korea v Boca Juniors - Friendly | Etsuo Hara/Getty Images

Após uma nova suspensão por doping, Maradona esteve em negociações com o Santos em 1995. Impulsionada pela empresa do Rei Pelé - Pelé Sports & Marketing -, a negociação seria para adquirir os direitos do jogador, com os salários sendo pagos pela empresa. Por conta da falta de acordo na parte salarial, Maradona decidiu por não se transferir para o Santos, acertando seu retorno ao Boca Juniors, onde se aposentou em 1997. Imagina o peso da camisa 10 santista com Maradona e Pelé...

Flamengo e São Paulo

Diego Maradona of Argentina
Diego Maradona of Argentina | Chris Cole/Getty Images

As duas equipes brasileiras tentaram a contratação de Diego Maradona nos anos 90 - Flamengo em 1991 e São Paulo no final da década. Pelo lado carioca, a Revista Placar havia noticiado o interesse do Flamengo na época, mas, sem dinheiro, a negociação não fluiu. No lado paulista, o mesmo. O São Paulo não conseguiu atender as exigências da negociação, e não fechou a contratação.

facebooktwitterreddit