Os 6 destaques do jogo entre Barcelona e Inter de Milão pela Champions League

Matheus Nunes
Robert Lewandowski subiu mais que todo mundo e marcou o gol que evitou a eliminação do Barça
Robert Lewandowski subiu mais que todo mundo e marcou o gol que evitou a eliminação do Barça / David Ramos/GettyImages
facebooktwitterreddit

Noite histórica no Camp Nou. Em um verdadeiro jogo digno de Champions League, Barcelona e Inter de Milão empataram em 3 a 3 nesta quarta-feira (12), com emoção até os últimos minutos e Lewandowski sendo decisivo, marcando dois gols e evitando a eliminação precoce dos catalães diante dos seus torcedores. O 90min mostra a seguir os 6 principais destaques deste jogão.

1. Ousmane Dembélé (Barcelona)

Ousmane Dembele
O atacante francês marcou o gol que abriu o placar no Camp Nou / Quality Sport Images/GettyImages

O atacante francês foi um dos jogadores mais participativos do Barcelona na partida. Optou por jogadas individuais e mostrou muita fome de balançar as redes. Pecou bastante em algumas finalizações, é fato, mas foi dele o gol que abriu o placar do confronto.

2. Robert Lewandowski (Barcelona)

O craque polonês não marcava há dois jogos, mas raramente passa três partidas sem balançar as redes. Mesmo apagado em boa parte do duelo, quando apareceu foi decisivo, marcando os dois gols que ainda mantém o Barcelona vivo na Champions League.

3. Ter Stegen (Barcelona)

Marc Andre Ter Stegen
O camisa 1 evitou o gol que eliminaria o Barcelona / Soccrates Images/GettyImages

A Inter de Milão teve a bola do jogo faltando dois minutos para o fim da partida. Asllani, sozinho na área, poderia matar a partida e, ainda por cima, eliminar o adversário no torneio. Porém, o goleiro do Barça fez um milagre e evitou o gol dos italianos. Um minuto depois, Ter Stegen ainda salvou a equipe novamente, defendendo finalização de cabeça.

4. Nicolò Barella (Inter)

O meio-campista fez uma partida quase perfeita. Deixou Gavi "no bolso", marcou o primeiro gol italiano na partida e desestabilizou a defesa adversária. Craque demais! Uma pena que não poderemos vê-lo na Copa do Mundo.

5. Lautaro Martínez (Inter)

Atuação histórica do argentino. Além de ter marcado o gol da virada da Inter aos 18 minutos do segundo tempo, foi o responsável pela linda jogada que resultou no gol de Gosens no final do confronto. Uma bola nas redes e uma assistência para a conta do craque.

6. Robin Gosens (Inter)

Desacreditado e quase fora dos planos da Inter para esta temporada, o lateral-esquerdo saiu do banco aos 30 minutos do segundo tempo para marcar o gol que estaria eliminando o Barcelona. Se não fosse Lewandowski, o camisa 8 teria entrado para a história.

facebooktwitterreddit