Os 5 jogadores mais caros da história do Real Madrid

Vitor Porto
TOSHIFUMI KITAMURA/Getty Images
facebooktwitterreddit

Não é de hoje que o Real Madrid é conhecido por não poupar dinheiro quando se trata de montar seu time. Os merengues são a realeza do futebol e pagam caro para manter a coroa. Já foram tantas estrelas que passaram pelo Real, que renderam o apelido de Galáticos ao clube.

Veja a seguir as transferências mais caras da história do Real Madrid:

5. James Rodríguez - 75 milhões de euros

Quality Sport Images/Getty Images

Depois de uma Copa do Mundo espetacular, James Rodríguez foi comprado pelo Real Madrid em 2014. O meia teve boas atuações no início, mas não decolou como esperado. Atualmente está de saída.

4. Zidane - 77 milhões de euros

Mike Hewitt/Getty Images

Um dos maiores ídolos da história do Real Madrid. Zidane foi contrato em 2001 por um valor recorde na época, que só foi superado em 2009. Hoje é técnico dos merengues e se encaminha para a conquista de mais um título espanhol.

3. Cristiano Ronaldo - 94 milhões de euros

VI-Images/Getty Images

Talvez o dinheiro mais bem gasto da história do Real Madrid. Cristiano Ronaldo conquistou 4 Champions League, 2 La Liga, e vários outro títulos. O jogador viveu o auge da carreira no Santiago Bernabéu, marcando para sempre seu nome na história do futebol.

2. Hazard - 100 milhões de euros

Soccrates Images/Getty Images

Hazard chegou com uma difícil missão de ocupar o lugar que era de Cristiano Ronaldo. O belga anda desapontando a torcida e frenquentemente fica no banco de reservas da equipe. Ainda em sua primeira temporada, espera-se muito de Eden Hazard para o ano que vem.

1. Gareth Bale - 101 milhões de euros

UEFA Champions League"Real Madrid v Manchester City FC"
UEFA Champions League"Real Madrid v Manchester City FC" / ANP Sport/Getty Images

Se Cristiano Ronaldo foi provavelmente o dinheiro 'mais bem gasto' pelo Real Madrid, Bale provavelmente foi o 'mais mal gasto'. O galês teve 25 lesões desde 2013, ficando fora de quase 1/3 dos jogos. Além das lesões, o jogador parece pouco de importar com futebol, preferindo jogar golfe.

facebooktwitterreddit