Copa do Brasil

Os 5 destaques da goleada do Galo sobre o Athletico-PR, na final da Copa do Brasil

Nathália Almeida
Vargas fez um grande jogo vindo do banco de reservas
Vargas fez um grande jogo vindo do banco de reservas / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

Quem esperava um jogo equilibrado na aniversariante Belo Horizonte, pelo duelo de ida da grande decisão da Copa do Brasil, foi surpreendido por um verdadeiro atropelo na noite deste domingo (12): dominante e avassalador, o bicampeão brasileiro Atlético-MG não tomou conhecimento do Athletico-PR, goleando o rival rubro-negro por 4 a 0 e colocando "uma mão e meia" na taça do mata-mata mais valioso do futebol nacional.


1. Eduardo Vargas

Vargas
Vargas foi o craque do jogo / Pedro Vilela/GettyImages

Promovido a campo com o jogo em andamento no lugar do lesionado Diego Costa, o experiente atacante chileno correspondeu ao voto de confiança com muita movimentação, grandes jogadas criadas e dois gols de puro oportunismo que colocaram o Galo a um passo da conquista de seu terceiro título na temporada. Foi o melhor em campo na noite.

2. Keno

FBL-BRA-MINEIRO-PARANAENSE
Keno anotou um gol de placa no Mineirão / DOUGLAS MAGNO/GettyImages

Fazendo uma reta final de temporada simplesmente soberba, Keno deixou sua marca, mais uma vez. E o que vimos no Gigante da Pampulha não foi um gol qualquer: passou por dois marcadores e acertou um petardo de fora da área, sem chance para Santos. Uma pintura digna desta grande final e deste grande time, já eternizado na história do clube mineiro.

3. Allan

Allan
Allan é um dos jogadores mais regulares da temporada alvinegra / Pedro Vilela/GettyImages

Allan não aparece muito nos números frios, é um jogador vital para a manutenção do equilíbrio entre setores. Trata-se de um dos atletas mais regulares da temporada do Galo e, na noite deste domingo, emplacou mais uma grande exibição: muito bem na recomposição, nos cortes e nos desarmes, teve 94% de precisão nos passes e alto aproveitamento nos lançamentos. É o motorzinho do time.

4. Igor Rabello

Igor Rabello, Pablo
Rabello voltou ao time titular em grande estilo / Pedro Vilela/GettyImages

Voltando ao time titular após um longo tempo no banco de reservas - foi o escolhido por Cuca para a vaga de Nathan Silva, que não pôde atuar em virtude do regulamento -, Igor Rabello esteve impecável. Ganhou a grande maioria das divididas e dos duelos um contra um. Sua grande atuação ajuda a explica a baixa produção ofensiva do rival paranaense.

5. Everson

Everson
Everson correspondeu na hora que foi exigido / Buda Mendes/GettyImages

Vivendo a melhor temporada de sua carreira profissional, Everson se habituou a ser bastante exigido ao longo de 2021. Neste jogo de hoje, não teve que fazer um alto volume de defesas mas, nas poucas vezes em que precisou aparecer, brilhou: fez 3 intervenções importantes no jogo, uma delas ainda no primeiro tempo em bela cobrança de falta de Terans.

facebooktwitterreddit