Champions League

Os 4 resultados mais surpreendentes da segunda rodada da Champions League

Nathália Almeida
Sheriff fez história, mais uma vez
Sheriff fez história, mais uma vez / Quality Sport Images/Getty Images
facebooktwitterreddit

Quem disse que não espaço para grandes zebras ou surpresas na Champions League?

Ainda que os elencos estrelados e cifras astronômicas costumem prevalecer, futebol é onze contra onze em campo, o que permite que algumas histórias espetaculares (e inesperadas!) sejam escritas.

A seguir, elencamos 4 resultados surpreendentes desta segunda rodada da fase de grupos da Champions League:


1. RB Leipzig 1 x 2 Club Brugge

Mats Rits, Eder Alvarez Balanta, Charles De Ketelaere
Brugge ganhou na Alemanha / Adam Pretty/Getty Images

Apontado como clara quarta força do pesado grupo A, o Club Brugge faz um início espetacular de Champions: empatou com o estrelado PSG na primeira rodada e conseguiu uma vitória gigantesca contra o forte time do Leipzig, na Alemanha. Olho nos belgas!

2. Real Madrid 1 x 2 Sheriff Tiraspol

FBL-EUR-C1-REAL MADRID-SHERIFF TIRASPOL
Sheriff fez história no Bernabéu / JAVIER SORIANO/Getty Images

Trata-se da grande história não só da atual edição, como da história recente da competição. Disputando a primeira Champions de sua existência, o modesto time moldavo visitou o Santiago Bernabéu para encarar o maior campeão europeu, o Real Madrid, e saiu da capital espanhola com os três pontos na bagagem.

Um dia inesquecível para o Sheriff e sua torcida.

3. Benfica 3 x 0 Barcelona

Darwin Nunez
Benfica dominou o Barcelona / Quality Sport Images/Getty Images

Pelo momento que vive, o Barcelona ser derrotado pelo tradicional Benfica, na Luz, não é uma enorme zebra. Mas da forma como foi o revés, com o time da casa atropelando e dominando o jogo em todos os seus níveis, pode sim ser considerado surpreendente.

O buraco em que o clube catalão se encontra é bem fundo. Terá sido o adeus de Ronald Koeman?

4. Juventus 1 x 0 Chelsea

Federico Bernardeschi, Manuel Locatelli, Rodrigo Bentancur, Federico Chiesa
A Juventus bateu o Chelsea por 1 a 0 / Nicolò Campo/Getty Images

A Juventus é uma gigante do Velho Continente, fato. Mas os prognósticos eram muito negativos para os italianos nesta quarta, afinal, chegavam bem desfalcados para encarar o atual campeão europeu e um dos melhores times do mundo na atualidade, o Chelsea.

Contudo, os comandados de Max Allegri fizeram um jogo perfeito defensivamente - apenas o segundo na temporada sem sofrer gols -, e conseguiram, pelos pés de Chiesa, uma vitória especial e inesperada.

facebooktwitterreddit