Brasileirao Série A

Os 4 nomes da vitória de virada do São Paulo sobre o Cuiabá, pelo Brasileirão

Nathália Almeida
São Paulo venceu o Cuiabá de virada, no Morumbi
São Paulo venceu o Cuiabá de virada, no Morumbi / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

Na tarde deste domingo (15), o São Paulo recebeu o Cuiabá, no Morumbi, tendo grandes coisas como ambições para o jogo e para a sequência da temporada: um triunfo em casa, além de alongar a sequência invicta do Soberano, levaria o clube ao G-4 do Brasileirão, na cola do líder e arquirrival, Corinthians. Com a bola rolando, no entanto, o Tricolor demorou a engrenar e saiu atrás do marcador, mas mostrou bom poder de recuperação e garantiu a vitória por 2 a 1, de virada, no segundo tempo.

A seguir, o 90min elenca os 4 destaques da vitória de virada do São Paulo sobre o Cuiabá:


4. Robert Arboleda

FBL-SUDAMERICANA-SAOPAULO-EVERTON
Arboleda fez mais um grande jogo na temporada / NELSON ALMEIDA/GettyImages

Apesar de estar envolvido na falha que gerou o gol único do Dourado, o zagueiro acertou em todas as outras jogadas, vencendo a ampla maioria dos duelos (1x1) e terminando a partida com ótimos números defensivos: quatro cortes, um chute bloqueado, uma interceptação e três desarmes.

3. André Anderson

Andre Anderson, Marllon
André Anderson deu outra cara para o meio-campo tricolor / Ricardo Moreira/GettyImages

O meia ainda busca seu melhor ritmo e adaptação ao futebol brasileiro, mas deu outra cara ao time a partir do momento que entrou em campo, na etapa final. Além de ter buscado o jogo e arriscado finalização perigosa, "cavou" a penalidade que possibilitou o empate tricolor no Morumbi.

2. Jonathan Calleri

Jonathan Calleri
Calleri voltou a deixar sua marca / Ricardo Moreira/GettyImages

A simbiose entre Calleri e São Paulo é algo que chama muita atenção: é um jogador totalmente diferente quando veste a camisa tricolor. Nesta tarde, foi mais uma vez incansável, levando perigo constante à defesa do Cuiabá. Arriscou quatro finalizações, e sua luta foi premiada com o gol de pênalti que igualou o marcador.

1. Rogério Ceni

Rogerio Ceni
Cani foi muito bem nas alterações / Buda Mendes/GettyImages

A vitória de virada no Morumbi passa muito pela leitura de partida feita por Ceni no intervalo. Sua equipe não foi tão bem na etapa inicial, mas cresceu bastante no segundo tempo a partir de suas substituições. Rigoni, Nikão e André Anderson, todos vindos do banco, deram outro ritmo e fôlego ao Soberano. Boa atuação do comandante tricolor.

facebooktwitterreddit