Os 3 vilões da eliminação do Flamengo para o Athletico, na semifinal da Copa do Brasil

Vitor Beloti
Renato Gaúcho foi muito criticado pelos torcedores rubro-negros
Renato Gaúcho foi muito criticado pelos torcedores rubro-negros / Buda Mendes/GettyImages
facebooktwitterreddit

Na noite desta quarta-feira (27), o Flamengo enfrentou o Athletico-PR no Maracanã pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil, mas não teve uma boa atuação e foi eliminado após ser derrotado por 3 a 0, com dois gols de Nikão e um de Zé Ivaldo.

Por conta disso, destacamos os 3 "vilões" da eliminação do Flamengo contra o Athletico-PR pela semifinal da Copa do Brasil.

1. Renato Gaúcho

Renato Gaucho
Renato Gaúcho foi um dos principais culpados pela eliminação. / Buda Mendes/GettyImages

O técnico Renato Gaúcho chegou na gávea sem muita aprovação pela torcida, mas ao longo dos jogos ele conseguiu tirar de letra e entrou nas graças dos torcedores após diversas goleadas em jogos do Brasileirão e da Libertadores.

No entanto, a equipe não consegue atuar de forma organizada nos últimos jogos, sofrendo para marcar seus adversários seja em seu campo ofensivo ou defensivo. Além disso, a falta de repertório do clube para criar e finalizar as jogadas enquanto seu adversário se mantém recuado chama muita atenção durante as partidas, e foi nítido enxergar este aspecto mais uma vez diante do Athletico-PR, principalmente na primeira etapa do confronto.

2. Diego

David Terans, Diego
Diego perdeu a bola que gerou o contra ataque para o primeiro gol do Athletico-PR. / Buda Mendes/GettyImages

O camisa 10 do Flamengo não tem mais condições de atuar como titular da equipe, e o jogo desta noite deixou isso muito claro. Atuando de segundo volante, Diego não tem preparação física e técnica para jogar em alta intensidade durante os jogos, o que prejudica o funcionamento do time no principal setor de criação.

Diante do Athletico-PR, o experiente de 36 anos perdeu uma bola no meio de campo por desatenção e deu o contra ataque que gerou o pênalti para o Furacão abrir o placar no Maracanã. Mais uma péssima atuação do meio campista.

3. Léo Pereira

Leo Pereira
Léo Pereira teve uma péssima atuação no Maracanã. / Buda Mendes/GettyImages

O zagueiro mais uma vez esteve fora da lista dos melhores em campo com a camisa do Flamengo. No jogo desta noite pela semifinal, Léo Pereirademonstrou que não tem condições de jogar em alto nível pelos principais campeonatos durante a temporada. Durante a criação do segundo gol do Athletico-PR, o camisa 4 se posicionou de uma forma inadequada e facilitou para o adversário finalizar a jogada em gol.

facebooktwitterreddit