Transferências

Os 3 reforços que devem ser anunciados pelo Athletico-PR visando a Libertadores

Nathália Almeida
Dedé deve rescindir com a Ponte Preta e fechar com o Furacão
Dedé deve rescindir com a Ponte Preta e fechar com o Furacão / DOUGLAS MAGNO/GettyImages
facebooktwitterreddit

Atual campeão da Copa Sul-Americana, o Athletico-PR é um dos oito representantes brasileiros na fase de grupos da Conmebol Libertadores. Vivendo um início de temporada bastante turbulento e de pressão crescente sobre os ombros de Alberto Valentim, o Furacão tenta buscar o alívio através de movimentações no mercado de transferências, visando qualificar seu elenco para a disputa do torneio mais importante de seu calendário em 2022.

Segundo a apuração do "ge", três são os reforços que devem desembarcar na capital paranaense nos próximos dias. Vamos a eles?


1. Vitinho

vitinho athletico-pr
Vitinho deve ser emprestado ao Furacão / HEULER ANDREY/GettyImages

De acordo com a fonte citada, o Furacão está em vias de vencer a forte concorrência de outros clubes da Série A como Internacional, Botafogo, Red Bull Bragantino e Palmeiras, para ficar com o jovem atacante Vitinho. Cria do Furacão, o ponta será emprestado pelo Dínamo de Kiev até o final da atual temporada, em virtude dos conflitos que assolam o leste europeu.

Uma reunião entre dirigentes rubro-negros e representantes ucranianos está programada para a próxima semana e deve selar a cessão do atleta.

2. Agustín Canobbio

FBL-URU-PEÑAROL-SUD AMERICA
Canobbio está próximo de acerto / PABLO PORCIUNCULA/GettyImages

Outro jogador que está na iminência de ser anunciado pelo Furacão é o meia Agustín Canobbio. Alvo do clube paranaense desde fevereiro, o meia de 23 anos conseguiu negociar sua liberação junto ao Peñarol através de uma cláusula de seu contrato que o garantia poder decidir seu futuro em caso de proposta do exterior.

3. Dedé

Dede
Dedé rescindiu com a Ponte Preta / Bruna Prado/GettyImages

Por fim, mais um nome que deve aterrissar em breve na capital do Paraná é o veterano Dedé. Ex-Cruzeiro e Vasco da Gama, o zagueiro acertou sua rescisão de vínculo junto à Ponte Preta e tornou-se um agente livre. O Furacão entende se tratar de uma oportunidade de mercado valiosa para agregar experiência ao plantel, oferecendo ao defensor um contrato por produtividade.

facebooktwitterreddit