Brasileirao Série A

Os 3 grandes vencedores e os 3 grandes perdedores da 13ª rodada do Brasileirão

Wéverton Rodrigues
Murilo marcou o gol da vitória do Palmeiras no Morumbi
Murilo marcou o gol da vitória do Palmeiras no Morumbi / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

Com direito a gol da vitória e virada já nos acréscimos das partidas, além de quebra de invencibilidade de 14 jogos de time mandante, a 13ª rodada do Campeonato Brasileiro contou com grandes momentos e jogos. Os destaques do final de semana ficam mesmo por conta dos clássicos paranaense e paulista e, ainda, do grande confronto regional realizado em Minas Gerais.

Confira, portanto, a seguir, quais foram os 3 grandes vencedores e os 3 grandes perdedores da 13ª rodada do Brasileirão. 

3. Coritiba x Athletico-PR

Athletico-PR
Khellven marcou o gol da vitória do Furacão nos acréscimos da partida / ALBARI ROSA/GettyImages

Para abrir a lista, nada como um ‘Athletiba’. O clássico paranaense, válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, guardou emoções até os últimos minutos. Inclusive, o gol da vitória saiu já nos acréscimos da etapa final, depois de pênalti polêmico marcado para o Furacão. Khellven marcou o gol da vitória dos visitantes.

A derrota deixou o Coritiba na 15ª posição da tabela com 13 pontos conquistados, O Rubro-Negro, por sua vez, chegou aos 21 pontos e, portanto, tornou-se o 3º colocado na tabela do nacional.

2. Atlético-MG x Flamengo

Nacho Fernandez
Nacho marcou o primeiro gol da vitória sobre o Flamengo / Pedro Vilela/GettyImages

O Flamengo segue tentando se reconstruir depois da chegada de Dorival Júnior. Em três jogos, o técnico obteve duas derrotas e uma vitória. No último jogo, o Rubro-Negro carioca sofreu nova derrota, dessa vez para o Atlético-MG. O Galo já estava há quatro jogos sem vencer, incluindo uma derrota por 5 a 3 contra o Fluminense, além de três empates.

Dessa forma, ao voltar para o G4, o Galo se sagrou como um dos grandes vencedores da rodada. O Flamengo, por sua vez, sofreu uma dura derrota no clássico regional e é apenas o 14° colocado da competição nacional. 

1. São Paulo x Palmeiras

Eder
Sao Paulo acabou levando a virada no final do jogo / Ricardo Moreira/GettyImages

Sem dúvidas, quisera o enredo que o grande vencedor e o grande perdedor da rodada saísse do jogo que restou para a segunda, nada mais, nada menos que o Choque-Rei. São Paulo e Palmeiras se enfrentaram na última noite com objetivos semelhantes: olhando para a parte de cima da tabela.

Dessa forma, aproveitando-se do mando de campo que tantas vezes nesta mesma temporada fizera o time feliz, o Tricolor Paulista tomou a iniciativa das ações ofensivas e mostrou ao visitante que ali que mandava era ele.

É bem verdade, porém, que não se pode subestimar um time consistente como aquele que montou o técnico Abel Ferreira nos últimos anos. E depois de abrir o placar com Patrick em um gol polêmico que acabou sendo confirmado pelo VAR, o São Paulo continuou tentando se impor no jogo, mas o decorrer do jogo se mostrou mais favorável ao Verdão: as substituições de Rogério Ceni somadas às mudanças de João Martins - substituto do técnico português, que restou positivo para Covid - acabaram fazendo o visitante sufocar o mandante até obter a virada, com gols marcados nos acréscimos.

Com virada surpreendente no final da partida, o Palmeiras foi o grande time da rodada. Além disso, com a derrota, o São Paulo perdeu uma invencibilidade no Morumbi que durava já 14 jogos.

facebooktwitterreddit