Futebol Feminino

Os 3 grandes destaques da primeira rodada da Eurocopa Feminina

Lucas Humberto
Grace Geyoro, com um hat-trick, conduziu a goleada francesa diante da talentosa seleção da Itália
Grace Geyoro, com um hat-trick, conduziu a goleada francesa diante da talentosa seleção da Itália / Eurasia Sport Images/GettyImages
facebooktwitterreddit

Neste domingo, 10, tivemos os últimos atos da primeira rodada da Eurocopa Feminina. A França encerrou as atividades no New York Stadium com expressivos 5 a 1 diante da Itália. A parcial, aliás, dá o tom de parte dos oito primeiros compromissos: pleno domínio de um dos lados. Felizmente também tivemos equilíbrio. Entre Suécia e Holanda, por exemplo, tudo igual: 1 a 1. Abaixo, nós listamos os três grandes destaques da leva inicial de confrontos.

1. Superação da Espanha

Espanha venceu na primeira rodada da Eurocopa Feminina
Espanha teve de superar grandes ausências / Naomi Baker/GettyImages

Perder a lesionada Alexia Putellas, melhor jogadora do mundo na atualidade, às vésperas do torneio mais importante do calendário não é nada fácil. Ainda mais se tratando da Espanha, que já tinha Jenni Hermoso como baixa também por problemas físicos.

De qualquer maneira, a Fúria estreou com braveza. A Finlândia, aliás, quase nem viu a cor da bola depois do gol relâmpago de Sällström. Além dos 4 a 1 no placar - gols de Paredes, Bonmatí, García e Caldentey -, as estatísticas foram de completo domínio: 32 finalizações contra quatro.

2. Show da Alemanha

Alemanha venceu com propriedade na primeira rodada da Eurocopa Feminina
Vitória expressiva da Alemanha confirma expectativas acerca da boa geração / Maja Hitij/GettyImages

Provando que há potencial para estar entre as favoritas, a Alemanha sequer deu chances para a Dinamarca. Logo no embate inicial, Magull, Schüller, Lattwein e Popp deixaram suas credenciais: 4 a 0. E olha que o placar dava para ter sido até maior, afinal, somente finalizações no gol foram nove.

Vale ressaltar que, das quatro atletas que anotaram no duelo, duas pertencem ao Bayern de Munique e duas ao Wolfsburg, os dois principais clubes da Frauen-Bundesliga. Não por acaso a geração é tão cercada de grandes expectativas.

3. Goleada da França

Grace Geyoro, meia do PSG e da França
A França deu pouquíssimas chances para a Itália / Eurasia Sport Images/GettyImages

Fechando a rodada, a França, mesmo tão conhecida pelos problemas internos, deixou uma exibição de gala para os torcedores presentes. Diante da boa seleção do Itália, o 5 a 1 conta a história por si só. Grace Geyoro (três vezes) e Marie-Antoinette Katoto, do Paris Saint-Germain, além de Delphine Cascarino, do Lyon, anotaram. Piemonte, do Milan, descontou.

facebooktwitterreddit