Futebol Internacional

Os 10 jogadores reservas mais caros da história

Lucas Humberto
Quinteto do Real Madrid, Coutinho no Barcelona, Jadon Sancho e mais: os 10 jogadores reservas mais caros da história.
Quinteto do Real Madrid, Coutinho no Barcelona, Jadon Sancho e mais: os 10 jogadores reservas mais caros da história. / Eric Alonso/GettyImages
facebooktwitterreddit

Virou hábito ver grandes clubes movimentarem montantes absurdos para reforçar seus elencos. Mas, gastar rios de dinheiro não garante sucesso. Quantas vezes você viu jogadores chegarem em equipes com status de estrela para, alguns meses depois, amargar temporadas praticamente inteiras no banco de reservas?

Todo torcedor de longa data conhece um caso assim. Aliás, a chance disso ter acontecido no seu próprio time é bem grande. A seguir, listamos 10 atletas que custaram cifras altíssimas e, no fim das contas, não valeram o investimento.

10. Luka Jovic - 63 milhões de euros

Luka Jovic Real Madrid
Jovic "sumiu" no banco de reservas merengue / Juan Manuel Serrano Arce/GettyImages

Substituto de Karim Benzema? Esse era o objetivo do Real Madrid quando contratou Luka Jovic em 2019. À época, o sérvio chegava credenciado devido ao expressivo número de gols defendendo as cores do Eintracht Frankfurt. Nos merengues, o centroavante só foi às redes três vezes desde então.

9. Kaká - 67 milhões de euros

Kaká Milan Real Madrid
Brasileiro não conseguiu repetir o mesmo desempenho do Milan / Jasper Juinen/GettyImages

Início do declínio? O ano de 2009 foi um dos mais importantes da história recente merengue, afinal, marcou a chegada de Kaká, Benzema e Cristiano Ronaldo. Dos três, o brasileiro teve o pior desempenho. Entre lesões e performance abaixo do esperado, nunca mais vimos aquela versão do meio-campista do Milan.

8. James Rodríguez - 75 milhões de euros

James Rodríguez Real Madrid Everton Al-Rayyan
Colombiano saiu dos holofotes do futebol mundial / Visionhaus/GettyImages

Você já deve ter notado que falaremos bastante dos Blancos por aqui, certo? Destaque da Copa do Mundo de 2014, James Rodríguez logo chamou atenção de gigantes europeus.

Contratado pelos merengues no mesmo ano do Mundial, o colombiano até teve boas atuações em sua primeira temporada, mas não conseguiu manter o nível. Hoje ele está no Al-Rayyan, do Catar.

7. Arthur - 76 milhões de euros

Arthur Allegri Juventus
Arthur tem sido pouco utilizado por Allegri / Nicolò Campo/GettyImages

Na troca que envolveu Miralem Pjanić e Artur, a Juventus saiu perdendo. Ex-Barcelona, o brasileiro não conseguiu se firmar no XI titular da Velha Senhora e, hoje, está fora dos planos de Massimiliano Allegri. Na atual temporada, por exemplo, marcou presença em somente sete jogos de 21 possíveis da Série A.

6. Kepa Arrizabalaga - 80 milhões

Kepa Arrizabalaga Mendy Chelsea Thomas Tuchel
Kepa costuma atuar na ausência de Mendy / Julian Finney/GettyImages

Do status de goleiro mais caro do mundo ao posto de reserva de Édouard Mendy. Sob comando de Thomas Tuchel no Chelsea, Kepa só costuma assumir a titularidade em torneios de menor expressão ou diante da ausência do senegalês. É bom ter um reserva de alto nível no banco, mas precisava ter desembolsado quantias tão expressivas?

5. Nicolas Pépé - 80 milhões de euros

Nicolas Pepe Arsenal Premier League
Pépé ainda não justificou o investimento feito / Julian Finney/GettyImages

Contratação mais cara da história do Arsenal durante alguns anos, Nicolas Pépé teve flashes de boas atuações, sobretudo na última temporada, mas ainda não justificou o investimento feito. Pelas cifras investidas, esperava-se no mínimo a titularidade absoluta, certo? Nem isso o ponta conseguiu entregar.

4. Jadon Sancho - 85 milhões de euros

Jadon Sancho Manchester United Borussia Dortmund
Sancho ainda pode render, mas saldo inicial não é dos melhores / Matthew Ashton - AMA/GettyImages

Embora ainda seja cedo para classificar o desempenho de Jadon Sancho no Manchester United como bom ou ruim, não é equivocado dizer que esperava-se mais do atacante. Após anos de destaque no Borussia Dortmund, o veloz e decisivo inglês só anotou dois gols em 22 jogos na atual campanha.

3. Gareth Bale- 100 milhões de euros

Gareth Bale Real Madrid Tottenham Zidane
Bale está em reta final de contrato / Soccrates Images/GettyImages

Entre lesão, falta de comprometimento e relação conflituosa com os técnicos, Gareth Bale até construiu bons momentos junto ao plantel merengue, mas nada que justificasse nem perto de 100 milhões de euros. Em reta final de contrato, o galês está tão fora dos planos de Ancelotti quanto estava de Zidane.

2. Eden Hazard - 115 milhões de euros

Eden Hazard Chelsea Real Madrid Mercado Transferências
Hazard não conseguiu repetir os feitos do Chelsea / Soccrates Images/GettyImages

Da série: transferências que nunca deveriam ter acontecido. No Santiago Bernabéu, os torcedores nunca viram aquela versão do belga que encantou legiões de fãs do Chelsea. Claro, muito do desempenho abaixo do esperado pode ser justificado devido aos problemas físicos. Mas, de qualquer forma, são 115 milhões de euros no banco de reservas...

1. Philippe Coutinho - 135 milhões de euros

Depois de tanto protagonismo do Real Madrid, encerramos a lista com Philippe Coutinho, do Barcelona. Para ter o brasileiro no plantel, os culés fizeram um investimento que provavelmente jamais será recuperado integralmente. Agora, a expectativa dos fãs do meia-atacante é vê-lo recuperar seu futebol no Aston Villa.

facebooktwitterreddit