Onde estão as 10 maiores promessas do futebol em 2012?

Antonio Mota
Real Madrid CF v FC Barcelona - La Liga
Real Madrid CF v FC Barcelona - La Liga / David Ramos/Getty Images
facebooktwitterreddit

Há cerca de oito anos o mundo se deparava com uma nova e promissora geração de promessas do futebol. À época, em 2012, havia brasileiros em crescente evolução, cria do Real Madrid surgindo muito bem e alguns nomes até ‘inusitados’ pintando entre os maiores talentos do futuro próximo. Mas e agora, em 2020, como estão essas feras? Confira abaixo!  

10. Marco Benassi

Valerio Pennicino/Getty Images

Cria do modesto Modena, da Itália, Benassi chamou atenção ainda cedo e não demorou a ir para um clube maior. Em 2012, após períodos nas categorias interiores, o versátil meio-campista chegou à Inter de Milão e arrastou vários holofotes. Lá, porém, ele não conseguiu se manter em alto nível e no ano seguinte passou a viver de um empréstimo para outro. Hoje, aos 26 anos, o italiano foi cedido pela Fiorentina ao Hellas Verona.

9. Julian Draxler

FBL-GER-BUNDESLIGA-SCHALKE-DARMSTADT
FBL-GER-BUNDESLIGA-SCHALKE-DARMSTADT / SASCHA SCHUERMANN/Getty Images

Destaque do Schalke 04 em 2012, Julian Draxler não explodiu tão rápido quanto o esperado, mas conseguiu se firmar na elite da bola e logo após se consolidar no Wolfsburg foi contratado pelo bilionário Paris Saint-Germain. Já no Parque dos Príncipes, o meio-campista oscilou entre baixos e altos, mas sempre com alguma participação. Aos 27 anos, ele perdeu espaço para Neymar, Kylian Mbappé e cia e tende a mudar de ares em breve.

8. Bernard

LatinContent/Getty Images

Revelado pelo Atlético-MG, Bernard surgiu como um raio no Brasil e em 2012 era uma das grandes promessas do futebol verde e amarelo, o que se confirmou no ano seguinte com o título da Conmebol Libertadores. Depois, ele foi vendido e teve ótimos momentos no Shakhtar Donetsk. Hoje, aos 28 anos, o feliz atacante é parceiro de Richarlison no Everton.

7. Mauro Icardi

Valerio Pennicino/Getty Images

Após passar pelas divisões inferiores de Unión Deportiva Vecindario e Barcelona, Icardi foi para a Sampdoria e lá encontrou o caminho do sucesso. Em 2012, atacante mostrou ainda mais recursos e não demorou para se destacar no cenário europeu. Já no ano seguinte, ele foi para a Inter de Milão e durante boas temporadas se apresentou entre os grandes goleadores da Itália. Aos 27 anos, ele tenta recomeçar no PSG.

6. Mattia De Sciglio

Valerio Pennicino/Getty Images

O versátil lateral Mattia De Sciglio deu seus primeiros passos no futebol na base do Milan. Já na temporada 2011/12, após “sobrar” nas divisões inferiores, ele foi chamado para o profissional e não decepcionou, tendo ganhado espaço e se destacado pelas habilidades ofensivas e defensivas. Hoje, ele defende o Lyon por empréstimo da Juventus, clube que o contratou em 2017.

5. Thiago Alcântara

David Ramos/Getty Images

Cria da La Masia, divisões inferiores do Barcelona, Thiago Alcântara apareceu ainda novo para o futebol mundial e, mesmo que tenha demorado para atingir o seu mais alto nível, sempre mostrou qualidade. Hoje, após anos sem muito brilho no Camp Nou e muitas temporadas de brilho na Allianz Arena, o meio-campista defende o Liverpool. Vingou.

4. Emre Can

CHRISTOF STACHE/Getty Images

Com muita técnica, versatilidade e visão de jogo, Emre Can era considerado o novo “Schweinsteiger” nas divisões de base do Bayern de Munique. Lá, porém, o volante não conseguiu o espaço desejado e foi negociado, passando por Bayer 04 Leverkusen, Liverpool, Juventus e Borussia Dortmund. Ele se encontrou neste último e se firmou ainda mais no topo da bola. Aos 26 anos, o meia segue em alto nível e ainda pode ir além.

3. Álvaro Morata

Denis Doyle/Getty Images

Formado no Real Madrid, Morata sofreu no início da carreira com a concorrência “desleal” de nomes mais consolidados, como Higuaín e Benzema, mas, ainda assim, conseguiu mostrar seu potencial e se destacar. De todo modo, em 2012, ele era muito bem avaliado, o que se confirmou com o tempo, com o atacante tendo ótimos momentos por Juventus, Chelsea e até no próprio Bernabéu. Atualmente, o artilheiro defende a Juve.

2. Dedé

Buda Mendes/Getty Images

Dedé demorou para aparecer para o futebol mundial. Porém, em 2012, o então zagueiro do Vasco decolou e apareceu até no site da FIFA, que elogiou a sua classe e o seu faro de gol. “Alto, forte e enérgico, a estrela do Vasco da Gama já foi inclusive apelidado de ‘Dedeckenbauer’. Tudo por conta de sua habilidade para orquestrar a zaga de sua equipe. Sem dúvida será uma estrela do Brasil no futuro”, escreveu a entidade. Atualmente, após anos de altíssimo nível, o defensor do Cruzeiro sofre com lesões.

1. Mohamed Salah

AFP/Getty Images

O craque Mo Salah teve um início de carreira avassalador no Egito e no Basel, clube suíço pelo qual brilhou entre 2012 e 2014. Depois, ele foi para o Chelsea, mas enfrentou problemas e acabou sendo emprestado pelos Blues para a Fiorentina e para a Roma – este último, observando o potencial do atacante, o contratou em definitivo. Já em 2016, após momentos espetaculares na Itália, ele voou ainda mais alto e fechou com o Liverpool. Hoje, aos 28 anos, o habilidoso e letal egípcio é um dos melhores do mundo.

facebooktwitterreddit