O XI ideal formado por jogadores de Barcelona e Bayern de Munique

Thomas Mueller, Jordi Alba
FC Bayern Muenchen v FC Barcelona - UEFA Champions League Semi Final | Boris Streubel/Getty Images

Na próxima sexta-feira (14), duas das camisas mais tradicionais do Velho Continente duelam em um dos confrontos mais aguardados de quartas de final da Champions League 2019/20: Barcelona e Bayern de Munique. Donos de dez títulos europeus somados, catalães e bávaros estão entre os clubes mais vitoriosos deste milênio e são bastante semelhantes se levarmos em consideração peso/relevância histórica, mas vivem momentos opostos se focarmos exclusivamente na atual temporada: enquanto o Barça chega ao mata-mata com a força de sua individualidades, o Bayern assusta pela sintonia fina de seu jogo coletivo.

Foi pensando no desempenho em 2019/20 que montamos a nossa seleção ideal combinada com jogadores de Barcelona e Bayern de Munique. Os alemães, que vem performando um futebol superior em relação ao arquirrival, predominaram. Confira:

Marc-André ter Stegen (Barcelona)

Marc Andre Ter Stegen
Real Valladolid v FC Barcelona - La Liga Santander | Soccrates Images/Getty Images

Neuer ainda é soberano na hierarquia da seleção alemã, mas a temporada individual de ter Stegen é superior. O goleiro foi um dos responsáveis diretos por manter o Barça como candidato ao título espanhol até as rodadas finais e é consideravelmente mais exigido que o seu compatriota, muito em função da fragilidade defensiva do clube catalão em 2019/20.

Joshua Kimmich (Bayern de Munique)

Joshua Kimmich
Bayer 04 Leverkusen v FC Bayern Muenchen - DFB Cup Final | Pool/Getty Images

Sabemos que o jovem alemão atuou como volante nesta temporada, mas mesmo se adaptando a um novo setor, ele ainda é o melhor lateral-direito de origem deste confronto e possivelmente da competição. É nessa função que ele estará no duelo contra o Barça, já que Pavard se lesionou. Um líder moral e técnico, exímio passador e sempre perigoso nas finalizações de média distância.

Jérôme Boateng (Bayern de Munique)

Jérôme Boateng
VfL Wolfsburg v FC Bayern Muenchen - Bundesliga | Stuart Franklin/Getty Images

O início de temporada do experiente zagueiro alemão não foi dos melhores, mas ele adentra essa seleção por sua capacidade de recuperação e crescimento sob comando de Hansi-Flick. A mudança na área técnica trouxe um 'novo Boateng': a explosão física/intensidade já estão em baixa, mas foram substituídos por uma leitura de jogo afinada. Seu momento é melhor que o de Piqué.

David Alaba (Bayern de Munique)

David Alaba
FC Bayern Muenchen v Chelsea FC - UEFA Champions League Round of 16: Second Leg | Matthias Hangst/Getty Images

Se o sistema ofensivo bávaro não fosse tão badalado e surreal nos números, Alaba despontaria como candidatíssimo ao 'MVP' da temporada no clube. Um ano espetacular para o austríaco, que parece capaz de se adaptar a qualquer função que lhe for designada: lateral, volante ou zagueiro. Tem sido extremamente confiável no miolo de zaga, complementando Boateng perfeitamente.

Alphonso Davies (Bayern de Munique)

Alphonso Davies
FC Bayern Muenchen v Chelsea FC - UEFA Champions League Round of 16: Second Leg | Matthias Hangst/Getty Images

Jordi Alba é um lateral-esquerdo confiável e importante para o Barça, mas o impacto gerado pelo jovem Alphonso Davies no jogo do Bayern nesta temporada o garante nesta seleção. Ele foi eleito o 'jogador revelação' da Bundesliga e não foi à toa: três gols e nove assistências para ele em 2019/20. É um dos nomes mais empolgantes da nova geração, entre atletas de sua posição.

Frenkie de Jong (Barcelona)

Frenkie de Jong
FC Barcelona v SSC Napoli - UEFA Champions League Round of 16: Second Leg | David Ramos/Getty Images

Vivendo sua primeira temporada como jogador do Barcelona, o volante de 23 anos não só assumiu titularidade como se transformou na referência e na 'esperança solitária' do criticado meio de campo. É em torno do holandês que o clube tende a aprofundar seu projeto de rejuvenescimento do setor.

Thiago Alcântara (Bayern de Munique)

Thiago
FC Bayern Muenchen v Chelsea FC - UEFA Champions League Round of 16: Second Leg | Matthias Hangst/Getty Images

Criado em La Masia, Thiago reencontra seu clube formador vivendo um momento especial. Aos 29 anos, parece ter atingido o auge de maturidade em seu futebol: é um verdadeiro maestro no meio-campo bávaro, acelerando e cadenciando o jogo com propriedade. Seja com finalizações, assistências ou 'passes-chave', faz pelo Bayern o que o torcedor do Barça gostaria de ver em Rakitic.

Thomas Müller (Bayern de Munique)

Thomas Mueller
FC Bayern Muenchen v Chelsea FC - UEFA Champions League Round of 16: Second Leg | Matthias Hangst/Getty Images

Müller é um jogador raríssimo no futebol mundial hoje. Sua disciplina tática é comovente, assim como sua entrega pelo coletivo. Deslocado para atuar como uma espécie de meia centralizado, por trás da referência ofensiva, testemunhamos uma de suas melhores versões ao longo de sua carreira. São 12 gols e surreais 25 assistências na temporada.

Lionel Messi (Barcelona)

Lionel Messi
FC Barcelona v Real Sociedad - La Liga | Quality Sport Images/Getty Images

Em meio a uma equipe tão confusa coletivamente na temporada - Valverde e Setién têm grande responsabilidade nisso -, Lionel Messi segue provando o porquê de ter seis Bolas de Ouro em sua carreira. São 31 gols e 26 assistências em 43 jogos disputados em 2019/20, média superior a 1,3 participação direta para gol por partida. É o coração, o cérebro, o pulmão e a alma desse Barça.

Serge Gnabry (Bayern de Munique)

Serge Gnabry
FC Bayern Muenchen v Chelsea FC - UEFA Champions League Round of 16: Second Leg | Matthias Hangst/Getty Images

Quando Robben e Ribéry anunciaram que deixariam o Bayern, houve uma preocupação geral em torno dos nomes que sucederiam os ídolos. Mas não tardou para as pontas bávaras ganharem novos protagonistas, com Gnabry chamando muita atenção em 2019/20. Caindo bem tanto pela direita quanto pela esquerda, ultrapassou a marca dos 20 gols na temporada, além de 13 assistências.

Robert Lewandowski (Bayern de Munique)

Robert Lewandowski
FC Bayern Muenchen v Chelsea FC - UEFA Champions League Round of 16: Second Leg | Matthias Hangst/Getty Images

Não poderíamos fechar essa seleção com outro nome se não Robert Lewandowski. Visto por muitos como o principal candidato ao Bola de Ouro se a premiação fosse mantida, o polonês já bateu a marca dos 50 gols na temporada e chega sedento por mais. Foi o grande artilheiro da Bundesliga e da Copa da Alemanha - competições vencidas pelo Bayern de Munique -, além de ser o principal goleador da Champions neste momento, com 13 bolas na rede em oito partidas disputadas.