O XI ideal combinado entre São Paulo e River Plate, com base nas prováveis escalações

Nathália Almeida
2020 Brasileirao Series A: Santos v Sao Paulo Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus (COVID
2020 Brasileirao Series A: Santos v Sao Paulo Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus (COVID / Alexandre Schneider/Getty Images
facebooktwitterreddit

Na próxima quinta-feira (17), o São Paulo reestreia na Conmebol Libertadores, tendo pela frente um dos clubes mais vitoriosos e bem sucedidos em nível continental na última década: o River Plate. Sob a batuta do badalado Marcelo Gallardo, o gigante argentino manteve a base do elenco vice-campeão na temporada passada, voltando a figurar como um dos favoritos ao título nesta edição.

Com base nas prováveis escalações dos dois times para este pesado confronto - desconsiderando, portanto, os desfalques -, montamos o nosso XI ideal combinado entre jogadores tricolores e millonarios. Apesar de contar com nomes promissores, o Soberano ficou em grande desvantagem nesse comparativo um contra um. Confira:


Franco Armani (River Plate)

Central Cordoba v River Plate - Copa Argentina 2019
Central Cordoba v River Plate - Copa Argentina 2019 / Diego Alberto Haliasz/Getty Images

Tiago Volpi é uma das principais peças do São Paulo hoje, mas Armani é um dos melhores goleiros da América do Sul há anos a fio. Oscila menos que o arqueiro tricolor, também.


Gonzalo Montiel

River Plate v Defensa y Justicia - Superliga 2019/20
River Plate v Defensa y Justicia - Superliga 2019/20 / Marcelo Endelli/Getty Images

Se Juanfran estivesse jogando 80% do que apresentou em suas últimas temporadas na Europa, ele seria o dono da lateral-direita tricolor e desta seleção. Mas o veterano não vem bem e perdeu posição para Igor Vinícius. Montiel é bem superior ao jovem tricolor.


Lucas Martínez Quarta

River Plate v Banfield - Superliga 2019/20
River Plate v Banfield - Superliga 2019/20 / Marcelo Endelli/Getty Images

Zagueiro jovem, técnico e muito seguro, Martínez Quarta já está no radar de gigantes europeus e dificilmente ficará na América do Sul por muito mais tempo. Leva vantagem em relação a Diego Costa, apesar do garoto tricolor vir em grande fase.


Javier Pinola

River Plate v Defensa y Justicia - Superliga 2019/20
River Plate v Defensa y Justicia - Superliga 2019/20 / Rodrigo Valle/Getty Images

O veterano de 37 anos já não tem a mesma explosão de outrora, mas compensa com inteligência e posicionamento. Capitão do time, é um líder dentro e fora das quatro linhas. Como o São Paulo vem jogando com um lateral improvisado na zaga (Léo Pelé), a comparação fica ainda mais injusta.


Reinaldo

Sao Paulo v Atletico MG - Brasileirao Series A 2019
Sao Paulo v Atletico MG - Brasileirao Series A 2019 / Miguel Schincariol/Getty Images

O lateral-esquerdo não é uma unanimidade entre os torcedores tricolores, mas tem papel importante especialmente no momento ofensivo da equipe, sempre anotando seus golzinhos e assistências. Já que o River não terá seu titular Milton Casco (positivo para covid-19), Reinaldo fica com a posição.


Enzo Pérez

River Plate v Deportivo Binacional - Copa CONMEBOL Libertadores 2020
River Plate v Deportivo Binacional - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 / Marcelo Endelli/Getty Images

O volante, apesar dos 34 anos de idade, ainda é um dos melhores de sua posição em atividade no continente. Dono de um extenso currículo, o argentino conduz as ações no meio-campo millonario e leva vantagem em relação a Tchê Tchê.


Hernanes

Corinthians v Sao Paulo - Brasileirao Series A 2019
Corinthians v Sao Paulo - Brasileirao Series A 2019 / Alexandre Schneider/Getty Images

O 'Profeta' não está na sua melhor forma, mas a qualidade está lá, e todos nós sabemos disso. Com um altíssimo QI de futebol, pode ser o condutor tricolor na ausência de Daniel Alves, lesionado e sem prognóstico de retorno.


Ignacio Fernández

River Plate v Deportivo Binacional - Copa CONMEBOL Libertadores 2020
River Plate v Deportivo Binacional - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 / Marcelo Endelli/Getty Images

O meia tem muita qualidade e também já esteve no radar europeu em múltiplas oportunidades, principalmente após o título da Libertadores em 2018. Exímio passador e ótimo finalizador, foi o grande nome da goleada do River por 8 a 0 contra o Binacional.


Nicolás De La Cruz

River Plate v Deportivo Binacional - Copa CONMEBOL Libertadores 2020
River Plate v Deportivo Binacional - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 / Marcelo Endelli/Getty Images

O armador de 23 anos tem potencial para jogar ainda mais do que vem jogando mas, mesmo assim, leva ampla vantagem na comparação com o oscilante Igor Gomes. O garoto tricolor tem muito futuro, mas vive uma fase terrível.


Rafael Borré

River Plate v Deportivo Binacional - Copa CONMEBOL Libertadores 2020
River Plate v Deportivo Binacional - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 / Marcelo Endelli/Getty Images

O atacante colombiano é um dos destaques deste River de Gallardo há três temporadas. Habilidoso e sempre deixando sua marca em jogos importantes/decisivos, teve seu nome vinculado a clubes como Atlético de Madrid e Lazio nesta janela de verão.


Matias Suárez

River Plate v Deportivo Binacional - Copa CONMEBOL Libertadores 2020
River Plate v Deportivo Binacional - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 / Marcelo Endelli/Getty Images

Com Pablo lutando contra lesões recorrentes e ainda longe de repetir pelo Soberano o mesmo futebol dos tempos de Furacão, não tem jeito: mais um nome do River nesta seleção. Suárez é um dos jogadores mais regulares e confiáveis dessa equipe, de ótimo controle de bola e visão de jogo.


facebooktwitterreddit