Copa América Feminina

O resumo e os destaques da última rodada da fase classificatória da Copa América Feminina

Lucas Humberto
Com brilho das 'Dudas', a seleção brasileira venceu o Peru na quinta e última rodada da primeira fase da Copa América Feminina
Com brilho das 'Dudas', a seleção brasileira venceu o Peru na quinta e última rodada da primeira fase da Copa América Feminina / PAOLA MAFLA/GettyImages
facebooktwitterreddit

Chegou ao fim a primeira fase da Copa América Feminina. Nesta quinta-feira, 21, Brasil e Argentina, líder e vice do Grupo B, protagonizaram suas respectivas últimas vitórias válidas pela etapa. Agora é mata-mata. Destaque, claro, para a Canarinho, que, mesmo sem as titulares habituais, aplicou a maior das goleadas sobre o Peru: 6 a 0. Alguém anotou a placa?

A elástica parcial foi construída com gols das três Dudas (Francelino, Sampaio e Santos), Geyse, Adriana e Fê Palermo. A Maga, vale ressaltar, chegou ao seu tento de número cinco e se isolou na artilharia do torneio. A Argentina, por sua vez, contou com gol solitário de Flor Bonsegundo para vencer a Venezuela.

Adriana, atacante do Corinthians e do Brasil
Adriana é a artilheira da Copa América / Gabriel Aponte/GettyImages

Com três vitórias em quatro oportunidades, a Albiceleste termina a primeira etapa com três pontos a menos que o Brasil (doze contra nove). A distância em termos de futebol apresentado, contudo, é bem maior. A Canarinho, com 100% de aproveitamento, anotou 17 gols e não sofreu nenhum. As hermanas, por outro lado, foram às redes 10 vezes e sofreram quatro tentos.

Pelo Grupo A, o Paraguai confirmou seu domínio de vice-líder ao superar o Equador por 2 a 1. Destaque para a atacante Jessica Martínez, do Sevilla, que chegou ao seu terceiro gol na competição. E, encerrando com chave de ouro, a primeira colocada Colômbia impôs outra goleada: 4 a 0 sobre o Chile. Vanegas e Daniela Arias anotaram de novo. Vale observá-las de perto.

Manuela Vanegas, defensora da Real Sociedad e da Colômbia
A jovem Manuela Vanegas é um dos pilares da Colômbia / Gabriel Aponte/GettyImages

Entre domínio absoluto e equilíbrio, o mata-mata da Copa América Feminina seguirá esta configuração:

Disputa pelo quinto lugar

  • Chile x Venezuela - terceiros colocados das chaves.

Semifinais

  • Colômbia x Argentina - líder do Grupo A contra segundo colocado do Grupo B;
  • Brasil x Paraguai - líder do Grupo B contra segundo colocado do Grupo A.

Equador, Bolívia, Uruguai e Peru estão eliminados. As partidas eliminatórias acontecem entre este domingo, 24, e terça-feira, 26.

facebooktwitterreddit