Champions League

O que você precisa saber sobre o Viktoria Plzen, adversário da estreia do Barcelona na Champions League

Matheus Nunes
Equipe da República Tcheca passou pelos playoffs e disputa a fase de grupos da Champions League pela quarta vez
Equipe da República Tcheca passou pelos playoffs e disputa a fase de grupos da Champions League pela quarta vez / Anadolu Agency/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Viktoria Plzen não terá vida fácil na atual edição da Champions League. O clube caiu no grupo da morte da competição, com Bayern de Munique, Barcelona e Inter de Milão. Porém, mesmo tendo grandes adversários pela frente, o fato de ter caído na chave mais difícil da competição foi motivo de comemoração entre os jogadores.

Esta não será a primeira vez que o time tcheco terá confrontos complicados no torneio. Nas outras três participações, o time enfrentou algumas pedreiras. Na temporada 2011/12, jogaram contra Barcelona, Milan e Bate Borisov, terminando na terceira colocação do grupo. Em 2013/14, mediram forças com Bayern de Munique, Manchester City e CSKA Moscou, encerrando na frente dos russos. A última vez que o clube participou da Champions foi em 2018/19. No grupo com Real Madrid, Roma e CSKA Moscou, o Plzen chegou a vencer os italianos e garantiram o terceiro lugar.

O técnico é o tcheco Michal Bílek, que disputou a Copa do Mundo de 1990 como jogador, já treinou a seleção do Cazaquistão e comanda o time há três temporadas. O Vik, como o clube é conhecido, costuma mandar seus jogos no Campeonato Tcheco, onde estão invictos, para o Doosan Arena, estádio também que é utilizado pela seleção nacional.

Quando se trata da principal competição do seu país, o time vive um grande momento. Atuais campeões nacionais, nesta temporada somam cinco vitórias e um empate, ocupando a segunda colocação, com a mesma pontuação do líder Slavia Praha.

Dos 22 jogadores inscritos na Liga dos Campeões, apenas cinco não são nascidos na República Tcheca: Mohamed Tijani (Benin), Modou N'Diaye (Senegal), John Mosquera (Colômbia), Marian Tvrdon (Eslováquia) e Fortune Bassey (Nigéria).

John Edison Mosquera
John Mosquera foi campeão da Recopa Sul-Americana em 2017 pelo Atlético Nacional / Matthew Ashton - AMA/GettyImages

O atacante John Mosquera, que tem passagens por Atlético Nacional e Deportivo Cali, é o principal artilheiro do time, com quatro gols na temporada em 11 jogos, além de duas assistências. É nele que os torcedores apostam as fichas para surpreender os adversários e conseguir balançar as redes.

O Viktoria Plzen estreia na fase de grupos da Champions nesta quarta-feira (7), contra o Barcelona no Camp Nou. A partida está marcada para às 16h (de Brasília).

facebooktwitterreddit