Futebol Internacional

O que vale, para Brasil e Argentina, o clássico da próxima terça-feira

Fabio Utz
Duelo ocorre em San Juan, na Argentina
Duelo ocorre em San Juan, na Argentina / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

Na próxima terça-feira, Brasil e Argentina mais uma vez estarão frente a frente. Pela 14ª rodada das eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo, os grandes rivais vão a campo com objetivos bem diferentes. Saiba o que vale, para cada um dos lados, o clássico que será disputado em San Juan.

1. Brasil

Lucas Paquetá Brasil Seleção Brasileira Eliminatórias Copa do Mundo
Paquetá colocou o Brasil na Copa na última quinta-feira / NELSON ALMEIDA/GettyImages

O Brasil já está classificado para o Mundial do Qatar, em 2022. A vaga foi garantida na última quinta-feira, quando a equipe de Tite ganhou da Colômbia por 1 a 0, gol de Lucas Paquetá. Com isso, o objetivo da equipe é seguir invicta na disputa (até aqui são onze vitórias e um empate) e, quem sabe, dar um passo a mais na tentativa de fazer a melhor campanha de todos os tempos de uma seleção nas eliminatórias da América do Sul. Para a Copa de 2002, a Argentina conquistou 43 pontos. Até o momento, o time canarinho tem 34.

2. Argentina

Angel Di María Argentina Uruguai Eliminatórias Copa do Mundo
Gol de Di María garantiu vitória sobre o Uruguai nesta sexta / Ernesto Ryan/GettyImages

O clássico pode valer a classificação matemática para o Qatar. A equipe albiceleste, que nesta sexta derrotou o Uruguai por 1 a 0, gol de Di María, está em segundo lugar nas eliminatórias com 28 pontos, 12 a menos que a Colômbia, quinta colocada e que neste momento estaria indo para a repescagem, O Chile, em quarto, e o Uruguai, em sexto, também têm 16. Será que o embate terminará em festa para os argentinos?

facebooktwitterreddit