Futebol brasileiro

O que representa o Campeonato Mineiro para o Cruzeiro e como o clube deve encarar a disputa

Vitor Beloti
Paulo Pezzolano é o novo técnico do Cruzeiro.
Paulo Pezzolano é o novo técnico do Cruzeiro. / Jam Media/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Cruzeiro está mudando suas estruturas após o ex-jogador Ronaldo Fenômeno se tornar o sócio majoritário da SAF do clube. Até o momento, medidas firmes estão sendo tomadas em busca de uma nova era da equipe mineira, e logo de cara ele terá que enfrentar mais um desafio neste início de temporada: o Campeonato Mineiro.

A Raposa tenta se aproximar de seu rival Atlético-MG em títulos estaduais na história da competição, mas dessa vez a conquista do torneio não deve ser o foco central. O principal objetivo nesta temporada é subir para a Série A do Brasileirão e estabelecer uma constância técnica e econômica para não ter mais problemas nos próximos anos.

Ronaldo Nazario
Ronaldo é o sócio majoritário do Cruzeiro. / Quality Sport Images/GettyImages

Portanto, o clube precisa olhar para o Estadual como uma fórmula de teste para o principal campeonato do ano: a Série B. É necessário fazer ajustes, enxergar qual será o time titular e com quais jogadores o técnico Paulo Pezzolano poderá contar até o restante deste ano.

É um momento de reconstrução e, para tudo dar certo no final, é necessário abrir mão do Estadual para visar voos maiores no final da temporada. A classificação para a Série A tem que ser, obrigatoriamente, o foco principal da Raposa em 2022.

facebooktwitterreddit